Dinamite avisa que pode colocar 'capa de chuva' em estátua de Romário

Recentemente atacado pelo ex-atacante, presidente do Vasco diz que talvez esconda o monumento em São Januário

iG São Paulo * |

Gazeta Press
Romário: ídolo vascaíno pode ter sua estátua em são Januário escondida por Dinamite

Em meio a amistoso beneficente disputado em São Januário neste domingo, Roberto Dinamite deu declarações em tom até de ameaça em relação a Romário. Recentemente atacado pelo ex-atacante por causa da saída do filho do hoje deputado federal, o presidente do Vasco alertou: pode colocar uma ‘capa de chuva’ para esconder a estatua do Baixinho no estádio.

"Eu iria colocar uma proteção por causa da chuva para tampar a estátua. De repente posso fazer isso nos próximos dias. Talvez isso seja feito", avisou Dinamite, minimizando o monumento. "Ela não me incomoda em nada porque não fala, não anda", comentou.

Muitos torcedores já pediram que a estátua seja derrubada, e o mandatário, desde o início da nova polêmica com Romário, passou a pensar na possibilidade de tirar de São Januário o monumento construído em 2007 a pedido do ex-presidente Eurico Miranda - rival de Dinamite - em homenagem ao milésimo gol da carreira do Baixinho.

O que você acha da vontade de Dinamite de esconder a estátua de Romário? Comente

"A estatua é simbólica, um símbolo de um grande jogador que recebeu a homenagem de um ex-presidente. A decisão de mantê-la ou não é do presidente. Vamos ver o que será decidido", disse Dinamite, ofendido com as críticas de Romário. "As pessoas têm que medir o que falam. Ele tem o direito de externar uma opinião, mas a instituição não pode ser desrespeitada. O presidente do clube também."

Revoltado, o presidente duvida até das dívidas cobradas pelo ex-camisa 11, que teriam surgido na administração de Eurico Miranda. "Existe uma confissão de dívida, mas que confissão é essa que não existe na contabilidade do clube?", indagou. "Euller, Donizete, Edmundo e Mauro Galvão mostraram porque tinham ação contra o Vasco e paguei, mas o Romário não mostrou seu direito de receber nada", completou.

A polêmica começou com a revolta de Romário pela saída de Romarinho, seu filho de 17 anos que deixou o Vasco para jogar no Brasiliense. Entre as acusações, o Baixinho sugeriu privilégios ao filho de Dinamite na base. Rodrigo Dinamite, que tem 20 anos e pode não ter seu contrato renovado em fevereiro, respondeu via Twitter. "Onde quer que eu jogue, sempre vou respeitar demais este símbolo. São mais de 100 anos...", escreveu.

*Com Gazeta

    Leia tudo sobre: VascoRomárioRoberto Dinamite

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG