Benítez valoriza Mundial, mas diz que Chelsea sofrerá com adaptação

Técnico do time inglês disse que nunca é ruim disputar um troféu e já projeta o Corinthians na decisão

iG São Paulo * |

Preocupadas com a má fase do time do Chelsea, que foi eliminado precocemente da Liga dos Campeões da Europa na última semana e está a sete pontos de distância do Manchester United, líder do Campeonato Inglês, boa parte da imprensa inglesa e da torcida dos Blues não levam o Mundial de Clubes a sério. No entanto, para a comissão técnica, a competição é importante.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Getty Images
Benítez disse que Chelsea sai atrás dos rivais por chegar no Mundial em cima da hora

"Talvez na Europa as pessoas não consideram o Mundial importante. Mas fale com brasileiros ou mexicanos e você verá como eles o encaram. Para eles, é uma oportunidade de mostrar o nível aonde estão contra um grande time da europeu", analisou o técnico Rafael Benítez. "Você nunca pode falar que disputar um troféu é ruim. Queremos ganhar", assegurou.

Leia mais: Sob neve, Al Ahly supera Sanfrecce e é o rival do Corinthians nas semifinais

O treinador dos Blues afirmou que a equipe largou atrás das demais, que estão se adaptando ao Japão, local do torneio, há mais tempo. "As outras equipes já estão se adaptando ao Japão há algum tempo e isto torna as coisas mais difíceis para nós", lamentou o comandante. Benítez também falou sobre os adversários que os seus comandados podem enfrentar no Mundial. Segundo o espanhol, que já projeta o Corinthians na decisão, a semifinal contra o Monterrey, do México, também será difícil. "Nós não podemos olhar para o Corinthians ainda. Temos que passar pela nossa semifinal, que há dois anos atrás surpreendeu", finalizou o técnico do Chelsea.

Veja ainda: Com equipe definida para a estreia, Corinthians vai a Toyota ver futuro rival

E a surpresa citada por Rafael Benítez, que participa do seu terceiro Mundial, após o vice-campeonato com o Liverpool, em 2005, e o título com a Internazionale, cinco anos depois, foi a surpreendente eliminação do Internacional para o Mazembe, do Congo, nas semis de 2010. Na ocasião, o time colorado foi derrotado por 2 a 0.

* Com Gazeta

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG