Nova Arena do Grêmio deve arrecadar cerca de R$ 120 milhões em 2013

Segundo o presidente do clube, Paulo Odone, quase todo o dinheiro arrecadado será investido na contratação de reforços

João Pontes - enviado iG a Porto Alegre | - Atualizada às


Planejada para receber diversas atividades além das partidas de futebol, a nova Arena do Grêmio vai ser uma importante fonte de renda do clube gaúcho. O estádio, que será inaugurado neste sábado, em amistoso contra o Hamburgo, deve faturar cerca de R$ 120 milhões em seu primeiro ano de vida.

A Nova Arena do Grêmio merecia estar na Copa 2014? Opine

“O conceito da Arena do Grêmio é abrangente, vai muito além de ser apenas um estádio de futebol. Teremos atividades e eventos todos os dias, sem nos fixarmos somente em datas de jogos”, comentou Eduardo Pinto, presidente da Arena Porto-Alegrense, empresa criada pela OAS Arenas para gerir o estádio.

Leia também: Árbitro paraguaio apita jogo inaugural da Arena Grêmio

Pelo contrato assinado com a OAS Arenas, o Grêmio vai receber 65% do dinheiro gerado pelo estádio. Com isso, na próxima temporada, o time de Porto Alegre deve lucrar quase R$ 80 milhões com a nova casa.

Veja também: Julgamento de confusões do Gre-Nal ocorrerá segunda-feira

“Esta concepção de estádio traz uma nova realidade para o Grêmio, que vai passar a ter uma receita extra para investir no futebol. A meta de todo grande clube é ganhar dinheiro com o estádio e colocar no futebol. Vamos fazer isso”, explicou Paulo Odone.

Com capacidade para 60.170 torcedores, a Arena do Grêmio vai inaugurar uma nova geração de estádios modernos que estão sendo construídos no Brasil. No entanto, diferentemente da maioria dos estádios que estão em obras, a arena do clube gaúcho não recebeu dinheiro público.

“Para o Grêmio é um orgulho imenso tornar realidade a construção deste estádio, com 100% de investimento privado”, exaltou Odone.

    Leia tudo sobre: GrêmioArena GrêmioPaulo Odone

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG