Bola que será utilizada na Copa das Confederações conta inovação tecnológica para evitar erros de arbitragem

Os jogadores do Corinthians tiveram contato pela primeira vez com a bola que será usada nas duas partidas da equipe no Mundial de Clubes no Japão.

Leia também: Guerrero treina e médico diz que chances de ele estar na estreia são “enormes”

A Cafusa, bola que também será utilizada na Copa das Confederações de 2013, foi apresentada aos jogadores, que já haviam treinado com bola similar no Brasil, antes de ela ser batizada no sorteio dos grupos.

ig
"Cafusa" tem detalhes verdes e conta com um chip que informa os árbitros se ela entrou ou não no gol

E a primeira impressão não foi das melhores. O lateral-esquerdo Fábio Santos e o atacante Emerson reclamaram do peso da bola. 

"Essa bola é mais pesada. Já tinha treinado um pouco com uma parecida, mas essa é diferença. Tem que fazer uma força extra para chutar e cruzar", disse o lateral.

Para o atacante o grande problema será o pouco tempo de adaptação com a nova bola. "Todo ano a bola muda. Ela é diferente de campeonato para campeonato. Talvez o pior agora é o pouco tempo pra se acostumar. Mas temos uns dias ainda para se adaptar", disse Emerson.

A bola tem detalhes verdes e uma inovação. Conta com um chip que informa os árbitros se ela entrou ou não no gol. A Cafusa já foi testada neste Mundial. Na sua partida inaugural, o Sanfrecce Hiroshima venceu o Auckland City por 1 a 0 na quinta-feira.

"Acho muito boa essa iniciativa, mas antes disso vem a correção e a justiça. É com isso que mais me preocupo", disse o técnico Tite.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.