Para Ney Franco, expulsão fez equipe ter produção abaixo do comum

Luis Fabiano levou o cartão vermelho nos primeiros minutos do jogo contra o Tigre e prejudicou o time do São Paulo na Argentina

Gazeta |

Perder Luis Fabiano, expulso, aos 13 minutos do primeiro tempo alterou muito a configuração ofensiva do São Paulo na partida contra o Tigre. Para o técnico Ney Franco, não fosse o vermelho do atacante - e também do argentino Donatti -, a partida talvez tivesse em La Bombonera, que terminou 0 a 0, talvez tivesse outra cara.

Leia aqui:  Fora de pôster, Luis Fabiano diz que São Paulo "perde pouco" sem ele

"A expulsão mudou a característica da nossa equipe. Perdemos nosso homem de referência e ficamos só com os dois atacantes de beirada, o Lucas e o Osvaldo. Pedia para eles fecharem um pouquinho, mas a característica deles é por fora. Nossa equipe caiu de produção por perder essa referência", analisou.

Veja: Diretoria entende que punição a Luis Fabiano prejudicaria o bom ambiente

Esse foi o primeiro jogo do torneio em que o time brasileiro não balançou a rede como visitante. "Pelo que a gente já fez até agora, principalmente nos jogos fora de casa, poderíamos ter tido um melhor resultado. Nosso histórico fora de casa é melhor", comentou o treinador, que ainda criticou a marcação violenta do rival.

E mais: Mulher de Luis Fabiano corneta expulsão do marido: “Ele errou feio”

AFP
Ney Franco observa a partida de ida da final da Sul-Americana

"O jogo se desenhava técnico, mas depois da expulsão ficou muito truncado, feio. Até violento, o que a gente não imaginava", lamentou.

Apesar de ter viajado a Buenos Aires com melhor expectativa, Ney Franco diz que não voltará insatisfeito à capital paulista. Como na final o gol como visitante não é critério de desempate, o Tigre não terá vantagem nenhuma na próxima quarta-feira, no Morumbi. Enquanto a vitória garante título, novo empate leva a decisão para a prorrogação.

Confira: Cabisbaixo, Luis Fabiano afirma: 'Não levo desaforo para casa'

"Em termos de competição, a gente leva para casa um resultado que nós dá condição de fazer um bom jogo e conseguir o título, que é o grande objetivo no final de tudo", concluiu o comandante são-paulino, que obviamente não terá Luis Fabiano na próxima partida.

O elenco retorna ao Brasil nesta quinta-feira e se reapresenta aos trabalhos no dia seguinte. O segundo jogo da final será o último compromisso da equipe na temporada.

    Leia tudo sobre: ney francosão pauloluis fabiano

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG