Zinho entrega projeto do Flamengo e apressa definições do novo presidente

Diretor pressiona Eduardo Bandeira de Mello para saber se fica no clube e diz que time precisa de três ou quatro reforços de impacto para 2013

Gazeta |

Márcio Mercante / Agência O Dia
Zinho, diretor de futebol do Flamengo

A eleição de Eduardo Bandeira de Mello como novo presidente do Flamengo colocou o planejamento traçado para a temporada 2013 em compasso de espera. Homem de confiança de Patrícia Amorim, o diretor executivo Zinho prometeu entregar o projeto nas mãos do novo mandatário, mesmo sem seu emprego garantido para a próxima temporada. O técnico Dorival Júnior está na mesma posição, sem saber se permanece no clube para traçar a pré-temporada.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Palestrante da nona edição do Footecon 2012 (Fórum Internacional de Futebol), Zinho tratou de apressar Bandeira de Mello na definição de sua permanência ou saída, pois isso atrasa a contratação de reforços: "Se as contratações ficarem para o início de janeiro, isso prejudica e muito. Estou falando em pensar rápido para o clube não ser prejudicado em sua pré-temporada. Estamos à disposição para ver o que é melhor para o Flamengo. Eu trouxe o Dorival e quero a sua permanência".

Zinho acredita que o Flamengo tem necessidade de três ou quatro reforços de impacto para o início do Campeonato Carioca de 2013, mas ainda não tem condições de citar nomes, já que todas as negociações iniciadas dependem do aval do novo presidente. Na expectativa de ter o ídolo Zico para trabalhar a seu lado, o diretor com contrato até 31 de dezembro aguarda definições.

"Temos jogadores bons, de nível, mas precisamos de três ou quatro grandes nomes para fortalecer o time. Vamos entregar ao presidente o planejamento que preparamos e ele vai decidir. O saldo foi positivo e o retorno dos torcedores é muito bom, pedindo pra eu ficar. É sempre bom ter um nome como o do Zico, uma pessoa a quem recorrer. É meu ídolo desde o começo. Se for o caso da minha permanência, vai ser fundamental a presença do Zico e um orgulho trabalhar com ele novamente", disse, o diretor flamenguista, sem se esconder dos elogios a Patrícia Amorim.

    Leia tudo sobre: ZinhoEduardo Bandeira de MelloFlamengo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG