Ronaldinho se coloca à disposição de Felipão para jogar na seleção

Sob o comando de Felipão, Ronaldinho foi um dos destaques da campanha do pentacampeonato conquistado no Japão

Gazeta |

Futura Press
Ronaldinho abraça Felipão

Pentacampeão mundial ao lado do técnico Luiz Felipe Scolari em 2002, o meia Ronaldinho Gaúcho sonha com a possibilidade de retornar à seleção. O astro do Atlético-MG, um dos convidados da nona edição do Troféu Mesa Redonda, lembrou o trabalho bem sucedido ao lado do sucessor de Mano Menezes no Brasil.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Se precisar de mim, estou à disposição. É um treinador com o qual tive a felicidade de trabalhar e ser vencedor. Não só com o Felipão, mas também com o Parreira", declarou o jogador ao chegar ao prédio da Fundação Cásper Líbero para participar da gravação da premiação aos melhores do Campeonato Brasileiro, na noite desta terça-feira.

Então com apenas 22 anos, Ronaldinho foi um dos destaques da campanha do pentacampeonato conquistado no Japão. Sob o comando de Carlos Alberto Parreira, atual coordenador da Seleção, o jogador ainda ganhou a Copa das Confederações em 2005, mas fracassou no Mundial de 2006 e, desde então, caiu de rendimento.

Leia mais:  Fred festeja adesão de Felipão ao esquema tático com centroavante

Após uma passagem conturbada pelo Flamengo, o meia de 32 anos acertou com o Atlético-MG durante a disputa do último Campeonato Brasileiro e foi peça fundamental para o técnico Cuca na campanha que rendeu o vice-campeonato nacional ao time de Belo Horizonte.

Sucessor de Dunga após a queda na Copa do Mundo de 2010, Mano Menezes, indicado por Ricardo Teixeira, foi demitido por José Maria Marin. Atual presidente da CBF, o ex-político vê com bons olhos a volta de jogadores experientes à Seleção, o que aumenta as chances de Ronaldinho.

Veja também:  Promovido por Felipão, Cavalieri não se vê em vantagem na seleção

Para retornar à equipe nacional na temporada da Copa das Confederações, é essencial manter o alto nível no Atlético-MGo, diz o meia. "Quero continuar fazendo o meu melhor no Atlético e, se precisarem de mim (na Seleção), estou à disposição", repetiu.

De contrato renovado com o Atlético-MG, o jogador também comemorou a presença entre os melhores do Campeonato Brasileiro. "Levar o nome do Atlético ao top do futebol em tão pouco tempo para mim é motivo de muita alegria", declarou o jogador.

    Leia tudo sobre: RonaldinhoFelipãoAtlético-MGseleção brasileira

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG