Sanfrecce Hiroshima e Auckland City disputam o jogo inaugural nesta quinta-feira; vencedor pode enfrentar o campeão da Libertadores se eliminar o Al Ahly nas quartas de final

O Sanfrecce quer repetir o Corinthians e ser campeão do mundo como representante do país anfitrião
AP
O Sanfrecce quer repetir o Corinthians e ser campeão do mundo como representante do país anfitrião

Para os favoritos Chelsea e Corinthians, a disputa do Mundial de Clubes começa apenas na próxima semana. No entanto, a bola começa a rolar no Japão a partir desta quinta-feira. Na partida de abertura da competição organizada pela Fifa, às 8h45 (horário de Brasília), Sanfrecce Hiroshima, do Japão, e Auckland City, da Nova Zelândia, disputam uma vaga nas quartas de final.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Enquanto o Sanfrecce Hiroshima garantiu presença no Mundial de Clubes como representante do país anfitrião após conquistar o Campeonato Japonês, o Auckland City carimbou o passaporte com o título da Liga dos Campeões da Oceania.

Apesar de ser uma equipe amadora, o Auckland é o recordista em participações na competição organizada pela Fifa. O clube da Nova Zelândia vai disputar o Mundial pela quarta vez. Em 2006 e 2011, o representante da Oceania foi eliminado logo na estreia. Em 2009, conquistou uma vitória, mas caiu nas quartas de final.

Leia mais:  Fifa destaca “loucura corintiana" e compara despedida à Invasão de 1976

Já o Sanfrecce vai disputar o torneio pela primeira vez. Considerada uma equipe de pouca tradição no futebol asiático, o time de Hiroshima foi a grande surpresa do Campeonato Japonês e conquistou o título pela primeira vez em sua história.

Ivan Vicelich é uma das armas do Auckland City
Fifa.com
Ivan Vicelich é uma das armas do Auckland City

“O Hiroshima é uma equipe técnica. Sabemos que será difícil porque eles contam com alguns dos jogadores mais habilidosos do Campeonato Japonês. Vamos nos preparar da melhor forma possível e então veremos o que acontece. Tudo pode acontecer em um jogo de futebol”, disse Ramon Tribulietx, técnico do Auckland City.

Veja também:  Torres nega favoritismo do Chelsea e elogia o Corinthians

Pelo lado do Sanfrecce, o atacante Hisato Sato, artilheiro do Campeonato Japonês com 22 gols, destacou a força física do adversário. “O Auckland é um bom time com jogadores fortes fisicamente, mas precisamos jogar da forma como estamos acostumados. Tentaremos criar chances e convertê-las em gols”, explicou.

Possíveis adversários do Corinthians

Na chave do Corinthians, Sanfrecce Hiroshima ou Auckland City podem enfrentar o campeão da Copa Libertadores nas semifinais do Mundial. Para isso, além de vencer a partida inaugural, a equipe que passar de fase precisa eliminar o Al Ahly, do Egito, nas quartas de final.

Apontado como favorito no duelo contra o Auckland City, o Sanfrecce Hiroshima sonha repetir o feito alcançado pelo Corinthians na primeira edição do campeonato organizado pela entidade máxima do futebol mundial.

Em 2000, como representante do país anfitrião, o clube do Parque São Jorge eliminou o Real Madrid na primeira fase. Depois, na decisão disputada no estádio do Marcanã, derrotou o Vasco na disputa de pênaltis.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.