Abel Braga ainda lamenta queda do Fluminense na Libertadores

Eliminação diante do Boca Juniors na competição continental impediu treinador de ficar completamente satisfeito com a temporada do clube

O Dia |

André Luiz Mello / Agência O Dia
Abel Braga, técnico do Fluminense

O Fluminense traça planos para 2013. E nas Laranjeiras a Libertadores é tida como prioridade. Mesmo com a conquista do Campeonato Carioca e do Brasileirão em 2012, Abel Braga não ficou totalmente satisfeito com a temporada. Apesar de enaltecer as duas conquistas, o treinador não se conforma com a derrota no mata-mata para o Boca Juniors na competição continental.

"Foi um ano ímpar para o Fluminense, que desde 1984 não ganhava dois títulos em uma mesma temporada. A pena foi ter batido na trave na Libertadores. Mas estou extremamente feliz com o clube", declarou o técnico, eleito o melhor do Brasileirão empremiação da CBF, na noite de segunda-feira, em São Paulo.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Jogamos quatro vezes contra o Boca, é muita boca para nosso feijão. Em 2013, seremos cabeça de chave e podemos ter uma chance maior. Sem querer causar, quem gerou isso tudo foi o Inter, que perdeu para aquele time do Peru (Juan Aurich). Se tivessem empatado, eles jogariam contra o Corinthians e nós iríamos para o outro lado da chave", explicou.

Abelão ainda disse que o Fluminense amadureceu com a derrota para os argentinos. "Nosso objetivo vai ser focar até mais a Libertadores, não pode ser diferente. Não temos de melhorar em nada, porque só fomos eliminados com um gol achado pelo Boca no último minuto. Poderíamos ter liquidado antes, mas nós amadurecemos", concluiu.

    Leia tudo sobre: Abel BragaFluminense

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG