Felipão diz que aproveitará trabalho de Mano, mas indica atacante de referência

Novo treinador da seleção brasileira destaca trabalho do antecessor e prevê mudanças a partir dos primeiros amistosos

Levi Guimarães e Marcelo Laguna - iG São Paulo | - Atualizada às

Getty Images
Felipão participou da coletiva dos técnicos da Copa das Confederações

Substituto de Mano Menezes na seleção brasileira , Luiz Felipe Scolari não pensa em descartar o trabalho de seu antecessor com a equipe. Durante entrevista coletiva no Anhembi, sobre as expectativas para a disputa da Copa das Confederações em 2013, o novo treinador negou que suas características de jogo sejam conflitantes com as de Mano, mas admitiu a vontade de utilizar um típico atacante de referência.

Felipão fará sucesso em sua nova passagem pela seleção brasileira? Opine!

"Eu nunca joguei tão diferente. Eu gosto sim de ter a oportunidade de jogar com um homem mais de referência, eu gosto desse tipo de jogador, e o Brasil tem [atacantes com essa característica]. Também tem jogadores com mobilidade, para não ficar fixo lá na frente, mas não vejo muita diferença no estilo", afirmou.

Leia mais:  Felipão pede desculpas por declaração sobre o Banco do Brasil

Felipão analisou também, especificamente, o aproveitamento de Neymar em seu sistema de jogo. "Às vezes temos jogadores espetaculares que precisam de uma liberdade a mais, mas é só questão de fazer o resto da equipe entender que esse jogador precisa atuar assim para render mais para o time. Se a função do Neymar vai ser voltar até o meio de campo, até os volantes ou esperar a bola é algo que vou definir com a observação a partir de agora".

Confira ainda:  Felipão teve aproveitamento superior a 75% na primeira passagem pela seleção

Durante toda a entrevista, Felipão evitou citar nomes de jogadores que já esteja pensando em convocar, mas indicou que suas primeiras listas não devem ter tantas novidades. Ele afirmou ainda que considera natural aproveitar parte do trabalho de seu antecessor.

"Tenho uma ideia de equipe, de convocação, do primeiro amistoso até o terceiro algumas alterações vão ser feitas para observação. É natural que todo técnico deixe um pouco do seu trabalho para o próximo adaptar. Eu vou aproveitar o que foi feito pelo Mano e com o decorrer posso modificar coisas que acho que sejam necessárias", explicou.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG