O camisa 10 do São Paulo perdeu pelo menos duas chances claras de gol, mas deixou o gramado do Morumbi satisfeito com a classificação

O grito de gol ficou preso na garganta da torcida do São Paulo que lotou o estádio do Morumbi. De qualquer forma, o empate por 0 a 0 contra a Universidad Católica classificou o clube brasileiro para a final da Copa Sul-Americano e foi muito celebrado pelos comandados de Ney Franco.

Leia também: São Paulo supera nervosismo, empata e volta à uma final continental

“Foi uma partida muito difícil. Lutamos do começo ao fim, tivemos muitas oportunidades, mas não conseguimos fazer o gol. O importante foi conquistar a classificação”, comentou o meia Jadson.

O camisa 10, que perdeu pelo menos duas chances claras para tirar o zero do placar, destacou o empenho dos jogadores do São Paulo. “Demos o sangue aqui hoje, todo mundo está de parabéns”, comentou.

Agora, com a vaga garantida na final da Copa Sul-Americana, o São Paulo aguarda o vencedor do duelo entre Tigre, da Argentina, e Millonarios, da Colômbia. O adversário do clube do Morumbi será definido nesta quinta-feira. Na partida de ida, disputada na Argentina, Tigre e Millonarios empataram por 0 a 0.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.