Corintiano Ronaldo e palmeirense Aldo Rebelo se provocam em visita a Itaquera

Ministro dos Esportes diz que espera gols do seu time no novo estádio corintiano e Fenômeno rebate: "Aqui a bola não vai entrar nunca pro Palmeiras"

Levi Guimarães - iG São Paulo | - Atualizada às

O ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, e o ex-jogador Ronaldo, membro do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014 , aproveitaram a visita ao estádio do Corinthians em Itaquera na manhã desta quarta-feira para trocarem provocações clubísticas. Após a visita técnica à arena, os dois já imaginaram o primeiro Choque-Rei no local.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Queremos fazer na abertura da Copa do Mundo a grande festa do futebol mundial que todos esperam. E além de ser palco para essa festa, esse também vai ser um grande estádio para o futebol de São Paulo. Creio que Corinthians e Palmeiras farão aqui, talvez já na Libertadores, o maior clássico do futebol brasileiro, e espero que ali possam sair muitos gols do Palmeiras", provocou o ministro, que recebeu de volta muitas vaias dos trabalhadores corintianos que acompanhavam a entrevista à beira do futuro gramado.

Leia também: Em visita a Itaquera, Marin diz que deve anunciar técnico nesta quinta

A declaração de Aldo Rebelo em "território inimigo" ainda teve uma gafe logística. Afinal, a previsão de inauguração do estádio corintiano é para dezembro de 2013, o que impossibilita que um eventual confronto pela Copa Libertadores aconteça no local

Antes de Ronaldo poder responder a provocação, ainda teve que ouvir de Bebeto, seu colega no COL e torcedor do Vitória, que o gramado no estádio corintiano deveria ter as cores preta, branca e vermelha, as mesas do também rival São Paulo. "Mas a grande preocupação é que o gramado seja bom para os jogadores, para melhorar a qualidade do espetáculo", amenizou Bebeto aos gritos de "vai Corinthians!"

E mais: Andrés Sanchez pede demissão e não é mais o diretor de seleções da CBF

Já sob gritos da torcida improvisada pelos operários da obra, foi a vez de Ronaldo. "O Bebeto não entende das cores aqui de São Paulo, mas preto, branco e vermelho não vai entrar aqui. Verde muito menos. E aqui a bola não vai entrar nunca para o Palmeiras", afirmou

O Fenômeno ainda declarou seu amor à nova casa de seu último clube. "Esse é o último estádio que visitamos e pra mim o mais especial. O Corinthians foi minha casa nos últimos anos da carreira e esse projeto da Copa do Mundo não é só um projeto esportivo, mas também um projeto social muito importante, que está trazendo pra zona leste de São Paulo, uma região esquecida há muitos anos, investimentos que não sabemos quando viriam se não fosse pela Copa".

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: RonaldoAldo RebeloSeleção BrasileiraCBFCopa 2014CorinthiansPalmeiras

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG