Pedreiro do interior do Paraná decepou parte da orelha de colega que tirou sarro do rebaixamento palmeirense

Ricardo Luiz da Silva, palmeirense que agrediu torcedor por causa de gozação relacionada ao rebaixamento do Palmeiras
Reprodução/Youtube
Ricardo Luiz da Silva, palmeirense que agrediu torcedor por causa de gozação relacionada ao rebaixamento do Palmeiras

O pedreiro Ricardo Luiz da Silva, torcedor do Palmeiras  e morador de Sarandi-PR, foi preso na madrugada desta terça-feira por agressão contra Fabrício Garcia de Lemos, seu colega de trabalho. A briga foi motivada por uma provocação sobre o rebaixamento do Palmeiras. Ricardo usou uma maquita para desferir golpes contra a cabeça de Fabrício e arrancou um pedaço de sua orelha a mordidas.

O que você achou desta notícia? Opine!

"Estou bravo porque o Palmeiras caiu. Estou invocado", disse o pedreiro ao programa "Maringá Urgente". A vítima foi internada no hospital Metropolitano de Maringá e está consciente. Ele não corre risco de morte e não deve ter a audição afetada de acordo com informações do hospital.

"O cara que brigou comigo queria bater em mim. Só que ele perdeu no soco. Mano a mano comigo ele não aguenta comigo. O cara apanhou, azar o dele”, disse Ricardo ao se apresentar na delegacia. 

Depois de assinar um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência), Ricardo foi liberado e vai responder em liberdade o processo por lesão corporal contra Fabrício.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.