Em despedida, Aloísio se diz triste por não ter ajudado Figueirense

Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, maior artilheiro da história do clube em Campeonatos Brasileiros afirma que não cumpriu objetivos

Gazeta |

Destaque de seu time no Brasileião , Aloísio se despediu oficialmente do Figueirense . Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o jogador não enfrenta o Coritiba na última rodada e já revelou que não continua na equipe em 2013. Sem dar pistas sobre seu futuro clube, o Touro Bandido, apelido que ganhou da torcida local, afirmou que não conseguiu cumprir seus objetivos no time.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Estou triste por tudo que deixei de fazer. Mas mais triste por sair daqui, infelizmente, de cabeça baixa. Não consegui ajudar o Figueirense da maneira que queria", afirmou o atacante.

Na última rodada, na derrota do Figueira por 4 a 2 para o Grêmio, Aloísio deixou sua marca duas vezes e chegou à marca de maior artilheiro da história do Figueirense em Campeonatos Brasileiros, com um gol à frente de Fernandes.

"Fico feliz. Sabia da marca que era do Fernandes. Tive a felicidade de marcar os dois. Mas, infelizmente, não deu pra ganhar a partida. De novo perdemos para nós mesmos. Acho que se tivéssemos focado mais e nos doado mais, poderíamos conseguir um resultado melhor", analisou.

Na última rodada do Brasileirão, o Figueira viaja a Curitiba no domingo, onde encara o Coxa, às 17 horas. No primeiro turno as equipes se enfrentaram no Orlando Scarpelli e os donos da casa venceram por 3 a 1 com três gols de Aloísio. Anderson Aquino descontou para os visitantes.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: figueirensealoísiobrasileirão 2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG