Ex-jogador da seleção brasileira e membro do COL ressalta que obras dos estádios estão "encaminhando bem e dentro do cronograma"

 Bebeto, membro do COL
Arquivo iG
Bebeto, membro do COL

Integrante do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014 , que acontece no Brasil, o ex-atacante Bebeto, falou sobre os preparativos para o grande evento em entrevista ao programa Arena Sportv e disse acreditar que as coisas estão caminhando bem, mas que os aeroportos ainda preocupam.

"A gente fica preocupado com os aeroportos. Eu e o Ronaldo temos batido bastante nesta tecla, mas quanto aos estádios, tudo está encaminhando bem e dentro do cronograma", analisou Bebeto.

Quais são as principais preocupações no país para a Copa? Comente

O ex-jogador da seleção brasileira comentou as mudanças internas por que vem passando a entidade máxima do futebol brasileiro e deu a entender que não concorda com as trocas.

Veja também:  Internauta do iG quer que Felipão volte a treinar a seleção brasileira

 "Eu acho que o Mano estava começando a acertar o time, mas temos que acatar as decisões. O presidente tem outra metodologia de trabalho e a gente tem que dar força pra ele. Agora eu torço para que o Andrés Sanchez não saia, ele vem fazendo um bom trabalho e vou torcer pra ele chegar a um acordo com a CBF e não sair", afirmou.

Bebeto ainda palpitou sobre quem pode ser o novo treinador da seleção e revelou que seu favorito é Luiz Felipe Scolari, pentacampeão mundial com o Brasil em 2002 e quarto colocado com Portugal em 2006.

E mais:  Queda de braço perdida contra Del Nero força Andrés Sanchez a deixar a CBF

"Para mim, Felipão, Muricy, Paulo Autuori e Luxemburgo são os nomes que estariam mais preparados. O Felipão é campeão mundial, então ele encabeça a lista. Ele é um vencedor nato e se ele assumir a seleção, com certeza vou torcer muito por ele", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.