Gobbi se irrita e volta a dizer que não cede Tite à seleção brasileira

Presidente do Corinthians foi questionado sobre a possibilidade do seu técnico assumir o comando do time nacional

Gazeta |

Futura Press
Tite, técnico do Corinthians

Tite ganhou status de intocável no Corinthians. A ponto de Mário Gobbi, presidente do clube, exaltar-se bastante ao enfatizar que não cederá o treinador para a Seleção Brasileira, agora sem o comando do demitido Mano Menezes.

Tite deve ser o técnico da seleção? Opine

"Pela milésima vez: não há risco de o Corinthians perder o Tite. Existe um contrato em vigor até dezembro de 2013. Parem de manter vivo algo que é morto. O Tite vai ficar no Corinthians. Tenho dito. O assunto está encerrado. O resto é estelionato", bradou Gobbi, enfezado.

Na sexta-feira, o diretor de futebol Roberto de Andrade já havia garantido a permanência de Tite no Corinthians. O treinador nem sequer concedeu a entrevista coletiva que estava prevista para o dia, para ser preservado de indagações sobre a possibilidade de suceder Mano Menezes.

E MAIS: Em noite de festa, Corinthians busca empate com o Santos no Pacaembu

Mano era o comandante do Corinthians antes de assumir a Seleção Brasileira. Na ocasião, o então presidente Andrés Sanchez não dificultou a saída do técnico para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Desta vez, até os jogadores fazem coro pela manutenção do treinador que conduziu o Corinthians ao título da Copa Libertadores da América. "A gente tem um carinho muito especial pelo Tite", disse o atacante Emerson, antes de fazer uma ressalva. "Mas não cabe aos atletas dizerem nada sobre isso."

Veja imagens de Corinthians x Santos :

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: mario gobbicorinthianstiteseleção brasileira

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG