Atlético-MG não terá Ronaldinho Gaúcho, vetado com dores no joelho direito, na partida desde domingo no Engenhão

O Atlético-MG encerrou a preparação para encarar o Botafogo, neste domingo, no Estádio Engenhão com um treino recreativo, em que o técnico Cuca acertou os últimos detalhes para tentar a vitória no Rio de Janeiro. O treinador não poderá contar com o craque Ronaldinho Gaúcho, que, com dores no joelho direito, foi vetado pelo departamento médico do Galo.

No lugar de R49, Cuca optou por escalar o argentino Escudero, que explicou que não vai fazer a função de Ronaldinho dentro de campo. Segundo ele, caberá a Guilherme armar as jogadas do Atlético-MG, enquanto ele vai exercer a função pelo lado direito, procurando criar jogadas com Carlos César, que vai substituir o suspenso Marcos Rocha.

"O Guilherme é que vai fazer a função do Ronaldinho. Ele vai jogar pelo meio, enquanto eu vou cair mais pelo lado direito. Mas na partida poderemos mudar de posição vez ou outra", declarou Escudero, que esperar por uma renovação de contrato com o Galo. O jogador, porém, deixou claro que uma partida não pode servir como base para que a diretoria tome a decisão sobre a permanência ou não no clube.

"Creio que uma partida apenas não pode definir este tipo de coisa. Comecei o ano bem, com boas atuações, mas com o passar do tempo passei a ser pouco aproveitado. De toda forma estou fazendo meu trabalho e creio que um jogo apenas não pode resolver isso", disse.

O Atlético-MG vai entrar em campo contra o Botafogo com a seguinte formação: Victor; Carlos César, Réver, Leonardo Silva e Júnior César; Pierre, Leandro Donizete, Guilherme e Escudero; Bernard e Jô.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.