Resultado foi o suficiente para Criciúma terminar a Série B na segunda colocação. Rival não conseguiu acesso à elite do Campeonato Brasileiro

A aposentadoria de Evando não saiu da maneira que o torcedor gostaria. O Criciúma arrancou um empate por 1 a 1 com Avaí nos minutos finais da partida disputada neste sábado, na Ressacada, e terminou o Brasileiro da Série B na segunda colocação. Já o clube azul e branco, que não tinha mais pretensões no torneio, se manteve na sétima posição e saudou o ídolo em seu adeus ao futebol profissional.

Avaí e Criciúma empataram na Ressacada
Gazeta Press
Avaí e Criciúma empataram na Ressacada

Evando ficou marcado na história do Avaí após cinco passagens de sucesso por Florianópolis. Sem ter as oportunidades que imaginou nesta Série B, o jogador anunciou a sua despedida do esporte no final da temporada e recebeu o presente do técnico Argel Fucks de poder jogar o clássico com o Criciúma. Aos 39 minutos, o atleta foi substituído pelo treinador e ovacionado pela torcida que compareceu no seu adeus.

Com um gol de Julinho, no primeiro tempo, e Gilmar, no segundo, os dois clubes de Santa Catarina somaram um ponto cada e agradaram aos seus torcedores nas arquibancas da Ressacada. O Criciúma, que já havia conquistado o acesso, ficou com 73 pontos e o vice-campeonato. O Avaí, por sua vez, se manteve em sétimo, com 59, e focará no planejamento de 2013 para voltar à elite.

FICHA TÉCNICA
AVAÍ 1 x 1 CRICIÚMA

Local : Estádio da Ressacada, Florianópolis (SC)
Data : 23 de novembro de 2012, sábado
Horário : 16h20 (de Brasília)
Árbitro : Célio Amorim (SC)
Assistentes : Nadine Schramm Câmara Bastos (SC) e Kleber Lúcio Gil (SC)
Cartões Amarelos : Jaílton (Avaí); Zé Carlos, Eric e França (Criciúma)

GOLS :
AVAÍ: Julinho, aos 37 minutos do primeiro tempo
CRICIÚMA: Douglas, aos 44 minutos do segundo tempo

AVAÍ : Marcelo Moretto; Arlan, Rafael, Jaílton e Julinho; Pirão, Rodrigo Thiesen, Mika, Camilo (Marrone) e Jéfferson Maranhão (Tauã); Evando (Dieguinho)
Técnico: Argel Fucks

CRICIÚMA : Michel Alves; Eric, Matheus Ferraz, Ozéia e Marlon; França (Douglas), Fransergio, Valber (Gilmar) e Kléber (André Gava); Lins e Zé Carlos
Técnico: Paulo Comelli

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.