PSG bate Dínamo de Kiev e garante vaga; Porto vence e segue na ponta

O Paris Saint-Germain visitou o Dínamo de Kiev na Ucrânia e superou a baixa temperatura para vencer por 2 a 0

Gazeta |

AFP
Brasileiro Nenê, do PSG, reclama de falta em duelo contra os ucranianos do Dínamo de Kiev

Precisando apenas de um empate para carimbar seu passaporte às oitavas de final da Liga dos Campeões, o Paris Saint-Germain visitou o Dínamo de Kiev na Ucrânia e superou a baixa temperatura para vencer por 2 a 0. Já em Portugal, o Porto fez o dever de casa ao vencer o Dínamo de Zagreb por 3 a 0 e segue firme na liderança do grupo A.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Depois de ser pressionado durante todo o primeiro tempo, os comandados de Carlo Ancelotti apostaram nos rápidos contra-ataques puxados por Nenê e Ezequiel Lavezzi. Invertendo os papéis, o artilheiro Zlatan Ibrahimovic saiu da área e deu a assistência para o argentino marcar o primeiro gol. Na volta do intervalo, o mesmo Lavezzi aproveitou falha da defesa e definiu a vitória parisiense. Além de Nenê, o PSG contou com os brasileiros Thiago Silva, Alex e Maxwell, enquanto os ucranianos tinham Danilo silva, Betão e Dudu.

Na próxima rodada, a última da fase de grupos, o PSG recebe o Porto no Parque dos Príncipes em duelo pela liderança. Um empate é suficiente para os portugueses avançarem na primeira colocação. Na Croácia, o Dínamo de Zagreb, já eliminado, enfrenta o xará de Kiev, que será repassado à Liga Europa em terceiro, com quatro pontos.

Veja fotos desta quarta pela Liga dos Campeões:


O jogo - Apesar do frio na capital ucraniana, o clima da partida começou quente e o árbitro alemão teve trabalho para segurar os ânimos dos jogadores. Na pressão, os mandantes iam chegando cada vez mais perto do gol quando o PSG teve escanteio a seu favor e o brasileiro Alex cabeceou com muito perigo.

Apostando na velocidade dos garotos Dudu, ex-Cruzeiro, e do nigeriano Haruna Lukman, o Dínamo teve três ótimas chances em apenas três minutos. Primeiro o português Miguel Veloso levou perigo em cobrança de falta e, depois, o goleiro italiano Salvatore Sirigu salvou os franceses em chutes de Oleg Gusev.

Após vacilo da zaga parisiense, Denys Garmash ficou sozinho na área e perdeu a grande chance da partida. Quando começou a encaixar os contra-ataques, porém, o Paris Saint-Germain foi letal. Primeiro o jovem Maksym Koval evitou gol de Ibra cara a cara, mas não conseguiu reagir ao toque por cobertura de Lavezzi após assistência do sueco: 1 a 0 para os visitantes.

Na volta do intervalo, os ucranianos não tiveram tempo para retomar a pressão inicial e foram surpreendidos pelo segundo gol francês. Even Kacheridi recuou fraco demais para Koval e Blaise Matuidi apareceu para roubar a bola. Com calma, o volante rolou para Lavezzi, sozinho, mandar para o fundo das redes.

Sem se abalar, o time da casa voltou ao ataque e Dudu finalizou com perigo obrigando Sirigu a salvar mais uma vez. Em vantagem no placar, o PSG apenas administrou o resultado na reta final do segundo tempo e não viu o Dínamo chegar perto de ameaçar a boa vitória no Leste Europeu.

Firme e forte - Já garantido nas oitavas, o Porto recebeu o Dínamo de Zagreb e não tomou conhecimento do adversário ao vencer por 3 a 0. Os gols da vitória dos Dragões foram marcados pelo volante argentino Lucho González, pelo meia português João Moutinho e pelo ponta Silvestre Varela.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG