Chico Lins deixou o clube catarinense após o rebaixamento da equipe para a segunda divisão do Brasileirão

Rebaixado nesta edição do Campeonato Brasileiro, o Figueirense passa por reformulação para próxima temporada. Nesta quarta-feira, o gerente de futebol do clube catarinense, Chico Lins, chegou a um acordo com o presidente Wilfredo Brillinge e deixou o cargo que assumiu em 2010.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Além da demissão do dirigente, o time alvinegro já havia anunciado outras mudanças para 2013. O goleiro Wilson, os meio-campistas Túlio e Fernandes, e o atacante Júlio César foram comunicados que não permanecerão no clube para o próximo ano, quando a equipe será treinada por Adilson Batista.

Faltando duas rodadas para o término do Campeonato Brasileiro, o Figueirense ocupa a 19ª colocação na tabela de classificação do torneio, com 30 pontos, e está matematicamente rebaixado. A Portuguesa, com 41 pontos, é o primeiro time fora da zona de queda.

Neste domingo, às 17 horas (de Brasília), a equipe comandada interinamente por Fernando Gil mede forças com o Grêmio, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Vice-líder, com 67 pontos, o clube gaúcho luta para assegurar vaga direta na fase de grupos da próxima edição da Copa Libertadores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.