Arsenal vence, garante vaga nas oitavas e elimina Montpellier da Liga

Ingleses venceram sem dificuldades e asseguraram um lugar nas oitavas de final da Liga dos Campeões

Gazeta |

Getty Images
Wilshre encobre goleiro francês e marca para o Arsenal

Com um 2 a 0 sem muito esforço, o Arsenal passou pelo Montpellier nesta quarta-feira, no Emirates Stadium, assegurou a classificação para a fase final da Liga dos Campeões da Europa e decretou a eliminação do atual campeão francês na competição.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Após a monotonia do primeiro tempo, o time inglês voltou com tudo, marcou duas vezes com Wilshere e Podolski - Giroud deu as duas assistências -, antes dos 20 minutos da etapa final, e apenas segurou o resultado, que o mantém na cola do líder Schalke 04.

Já garantido no Grupo B, o time inglês visita o Olympiacos na última rodada, enquanto o Montpellier tenta a primeira vitória na competição diante dos alemães.

Veja as melhores fotos desta quarta pela Liga dos Campeões:


As equipes se estudaram muito antes de tomarem uma iniciativa ofensiva. O Arsenal tocava a bola e tentava envolver a defesa francesa, enquanto Montpellier apelava para uma marcação pressionada com Charbonnier correndo de um lado a outro do campo de ataque.

A velocidade do jovem atacante francês também foi a principal arma dos franceses, já que Belhanda municiava o único jogador de frente com bons lançamentos.

O primeiro tempo, porém, não encantou. Foram apenas duas chances reais de gol criadas, ambas do pelo Arsenal. Koscielny subiu bem de cabeça e acertou o travessão de Joudren, aos 10 minutos de jogo. Podolski, já perto do intervalo, mandou uma bomba para fora do gol.

Na etapa complementar, os ingleses voltaram com tudo. Logo aos três minutos, Wilshere abriu o placar. Após boa ajeitada de Giroud, de cabeça, o camisa 10 chegou batendo forte.

A empolgação tomou conta do Arsenal, que fazia de tudo para ampliar. 15 minutos após o primeiro gol, Podolski marcou o segundo, em linda tabela com Giroud. O francês, com uma cavadinha, deixou o atacante alemão na cara do gol para fuzilar e marcar.

Com alterações para colocar o time para frente, o treinador René Girard tentou ir par ao tudo ou nada, mas nada surtiu efeito diante da superioridade do Gunners .

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: arsenalmontpellieringlaterrafrançafutebol mundial

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG