Gobbi nega ajuda política em patrocínio: “Essa parceria não tem pai e nem mãe”

Pelo acordo com a Caixa Econômica Federal, o Corinthians vai receber R$ 31 milhões por temporada, o maior contrato de patrocínio do futebol brasileiro

João Pontes - iG São Paulo | - Atualizada às

Gazeta Press
Mário Gobbi negou ajuda do ex-presidente Lula

Após sete meses de espera, o Corinthians, enfim, fechou um contrato fixo de patrocínio . Nesta terça-feira, em evento no Museu do Futebol, o presidente Mário Gobbi não escondeu a alegria pela parceria com a Caixa Econômica Federal . O cartola só ficou irritado ao falar sobre as especulações que o clube recebeu ajuda política para fechar o acordo com o banco estatal.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

“Essa parceria não tem pai e nem mãe. Quem conseguiu foi o Corinthians. Não tem varinha mágica nesse negócio. O Corinthians trouxe o parceiro pela força do Corinthians. A Caixa que procurou o Corinthians. Que isso fique claro aqui”, comentou.

Leia mais:  Corinthians apresenta novo patrocínio e vai quebrar recorde com arrecadação

O presidente do Corinthians também justificou a demora para fechar o contrato de patrocínio principal. Desde abril, o clube do Parque São Jorge ficou sem uma marca fixa na região nobre do uniforme e fez apenas acordos pontuais durante a Copa Libertadores e o Campeonato Brasileiro.

Futura Press
Danilo, Romarinho e Zizao posam com a nova camisa do Corinthians


“Fechar um patrocínio não é como fazer um lanche na padaria. A camisa do Corinthians tem um valor. Eu não vou vender a camisa por um preço menor. Por isso, ficamos esse tempo sem patrocínio. Arriscamos até o fim e vencemos. A camisa do Corinthians é um dos maiores cartazes de propaganda do Brasil e caminha para ser do mundo”, exaltou.

Para completar, Mário Gobbi exaltou a força do atual campeão da Libertadores na principal rede de televisão do país. “O Corinthians tem torcedores em todo o país, é maior que muita nação. Representamos 60% da audiência do futebol. É o único clube muda a grade da Rede Globo”, exaltou.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: corinthiansmário gobbicaixa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG