CBF acata ordem judicial e Bruno Mendes volta a ser do Guarani

O problema contratual foi causado por uma penhora sobre os direitos do clube campineiro pela venda do jogador

Gazeta |

Gazeta Press
Bruno Mendes caiu nas graças da torcida do Botafogo

Atendendo a ordem da Justiça do Trabalho, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) publicou nesta segunda-feira a rescisão contratual de Bruno Mendes com o Botafogo e reativou o vínculo do atacante com o Guarani.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O problema contratual foi causado por uma penhora sobre os direitos do clube campineiro pela venda do jogador, como garantia a Andrei, que processa o Bugre por salários atrasados. Como o Guarani não repassou nenhum centavo dos valores recebidos pela transferência ao ex-jogador, a Justiça ordenou a anulação dos contratos celebrados entre investidores, Macaé, clube intermediário que empresta o atacante, e Botafogo.

Leia mais:  Oswaldo afirma que renovação com Botafogo está encaminhada

A diretoria alvinegra já se movimenta para que a jovem revelação de 18 anos volte a ter registro ligado ao clube. A assessoria de imprensa informa que o apoio necessário ao jogador está sendo constante. Bruno Mendes marcou seis gols em oito jogos realizados no Botafogo e caiu nas graças da torcida.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: BotafogoGuaraniBruno Mendes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG