Eleição para definir presidente do clube acontece no dia 3 de dezembro. Patricia Amorim tent a reeleição e surge como favorita

Patrícia Amorim, presidente do Flamengo
Vipcomm
Patrícia Amorim, presidente do Flamengo

Sem correr mais riscos de rebaixamento no Campeonato Brasileiro , o Flamengo cumpre tabela nas duas últimas rodadas. A torcida já pensa em 2013, sonhando com contratações de peso e querendo definições sobre quem fica, quem chega e quem sai.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Porém, estas perguntas só devem ser respondidas após o dia 3 de dezembro, quando acontece, na sede da Gávea, a eleição para definir o presidente do clube nos próximos três anos. A atual mandatária, Patrícia Amorim, tenta a reeleição e surge como favorita.

A oposição mais uma vez não conseguiu unir forças e chega com cinco nomes: concorrem Ronaldo Gomlevsky, da Chapa Branca, Planeta Fla; Lysias Itapicurú, da Chapa Verde, Flamengo Nova Geração; Maurício Rodrigues, da Chapa Laranja, Orgulho de ser Rubro-Negro; Jorge Rodrigues, da Chapa Rosa, Fla Único; e Eduardo Bandeira de Mello, da Chapa Azul, Flamengo Campeão do Mundo. A divisão de oposicionistas facilitaria ainda mais o trabalho de Patrícia Amorim, que concorre com a Chapa Amarelo Ouro - Tua Glória é Lutar.

Mesmo com grandes chances de ficar, Patrícia Amorim não deve tomar nenhuma medida ousada antes da abertura das urnas. Principalmente porque não planeja modificar a estrutura do departamento de futebol, com Zinho ficando à frente do setor. A comissão técnica também não passaria por modificações, com Dorival Júnior permanecendo na função.

Em termos de elenco, as indefinições são grandes. Alguns jogadores com contrato somente até o fim do ano já foram comunicados que terão que esperar até 3 de dezembro para conversarem com a diretoria. Está neste caso, por exemplo, o meia Renato Abreu, que já deu entrevistas após o jogo contra o Náutico, quando marcou o gol da vitória, dizendo que pretende encerrar carreira no clube e que por isso quer a renovação de contrato. Em contrapartida, alguns titulares podem deixar a Gávea. Caso do atacante Vagner Love, que já teria boas propostas do Leste europeu. Já o atacante Negueba está de malas prontas, pois vai defender o São Paulo em 2013. Ele foi incluído em uma transação que levou o meia Cleber Santana para o Flamengo.

Além disso, alguns jogadores deixarão a Gávea para que a folha salarial tenha uma folga e outros nomes possam aparecer como reforços. Dificilmente continuam em 2013 com a camisa flamenguista nomes como o zagueiro Arthur Sanchez, o lateral esquerdo Magal, os volantes Maldonado e Rômulo e o apoiador argentino Darío Bottinelli.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.