Atacante ouviu gozações pelo "field goal" que cobrou no jogo contra a Colômbia nos EUA

O pênalti desperdiçado pelo atacante Neymar no empate da Seleção Brasileira com a Colômbia, por 1 a 1, na última quarta-feira, em Nova Jersey (EUA), segue repercutindo no Santos. Tanto que, no treino realizado na tarde desta sexta, no CT Rei Pelé, com a Joia de volta ao clube, os seus companheiros de time não perderam a oportunidade e fizeram várias piadas com o assunto.

Neymar, que cumprimentou todos os colegas de equipe antes da atividade, assistiu a principal delas ser protagonizada pelo meia João Pedro e pelo centroavante André. Com a ajuda do camisa 9, que pegou um objetivo utilizado no treino físico na marca do pênalti, o meio-campista chutou a bola o mais alto que pôde. João Pedro, que imitou até mesmo a corrida de Neymar para a cobrança de pênalti, foi consolado por André, da mesma forma que o meia são-paulino Lucas fez com o craque santista. Os demais atletas observaram tudo e deram risada com a "dramatização" feita pela dupla.

Até mesmo o técnico Muricy Ramalho, que geralmente adota um tom mais sério durante os treinamentos, aprovou a brincadeira. Mais tarde, em entrevista coletiva, o treinador alvinegro destacou que não se lembra de uma penalidade na qual a bola tenha passado tão longe do gol.

"A minha memória está ruim, mas dessa altura é difícil. Deve ter tido algum pênalti assim. Porém, realmente não tenho na memória", disse Muricy, que não vê semelhança no chute de Neymar nem mesmo com a cobrança desperdiçada pelo ex-jogador italiano, Roberto Baggio, na final da Copa do Mundo de 1994, na qual o Brasil se sagrou campeão após disputa de pênaltis. "O do Baggio não foi tão (alto) assim. Não tenho na memória, ela não anda boa", completou.Apesar do lance no amistoso da Seleção, o comandante não viu nenhum tipo de abatimento no atacante por causa desse erro. Tanto é que Muricy Ramalho garantiu que Neymar segue como o batedor oficial de penalidades da equipe santista.

"O que aconteceu lá é difícil de explicar. Tem o gramado que não era bom e foi colocado poucos dias antes. Agora, o Neymar não se abate com nada. Ele é incrível. Tenho certeza que se tiver um pênalti (contra o Figueirense) amanhã (sábado, na Vila Belmiro), ele vai bater. Isso é personalidade", encerrou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.