Aloísio confirma saída e já admite São Paulo como possível destino

Atacante do Figueirense tem 12 gols marcados no Brasileirão e seu procurador tem bom relacionamento com equipe do Morumbi

Gazeta |

O atacante Aloísio confirmou na noite deste sábado pela primeira vez que não continuará no Figueirense ao final da temporada. Após a derrota por 2 a 0 para o Santos, na Vila Belmiro, o artilheiro do Figueirense no Campeonato Brasileiro admitiu ainda que o São Paulo, conforme tem se especulado, pode mesmo ser seu destino a partir do ano que vem.

LEIA:  Santos bate Figueira em noite inspirada de Patito e Felipe Anderson

"Meu ciclo está se acabando. Assim que acabar meu contrato, vou sair. Só tenho que agradecer ao clube, que me projetou no cenário nacional. Agradecer ao torcedor e à diretoria. Tenho certeza de que, num futuro próximo, o Figueirense voltará à Série A, pela estrutura e o trabalho que vem fazendo", disse o jogador, em entrevista à Rádio CBN .

Nas últimas semanas, tomaram corpo as especulações de que o destino do camisa 9 será o São Paulo, equipe com o qual seu procurador, Eduardo Uram, tem bom relacionamento. Cortez, João Filipe, Luiz Eduardo, Maicon e Cícero são alguns dos atletas do empresário que já atuam pelo time tricolor. Abordado sobre a possibilidade, Aloísio não negou.

"Pode ser também", comentou o jogador, que tem despertado interesse de outros clubes, inclusive o Santos, algoz deste domingo, com gols de Patito Rodríguez e Felipe Anderson, na Vila Belmiro.

Quanto ao revés em si, o atacante que tem 12 gols na competição falou pouco. Com o time já rebaixado para a segunda divisão nacional, ele enalteceu a iniciativa de lançar jovens das divisões de base para acostumá-los à exigência de competição entre os profissionais.

"Os meninos estão pegando experiência para o próximo ano. O Figueirense faz bem, foi o lado positivo do jogo", afirmou o artilheiro de 24 anos, ao descer para o vestiário.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: figueirenseBrasileirão 2012mercado da bola

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG