Após marcar um belo gol e empatar o amistoso contra a Colômbia, o camisa 11 isolou a cobrança do pênalti sofrido por Daniel Alves

As cobranças de pênalti continuam sendo um obstáculo para a seleção brasileira. Na Copa América, por exemplo, os comandados de Mano Menezes perderam quatro pênaltis e foram eliminados contra o Paraguai. Nesta quarta-feira, no empate por 1 a 1 contra a Colômbia , foi a vez de Neymar isolar a bola.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“O pênalti foi horrível, a batida, tudo... Vocês viram como o campo estava. Não tinha estabilidade nenhuma. Ainda fui devagar na batida. O campo não é favorável para bater pênalt”, justificou o camisa 11. Vale ressaltar que o MetLife Stadium, em Nova Jersey, é usado principalmente por times de futebol americano.


Após sofrer um gol da Colômbia no primeiro tempo, o Brasil buscou o empate na etapa final. Aos 17 minutos, em bela jogada individual, Neymar bateu no canto, sem chance para o goleiro. Depois, aos 35 minutos, Daniel Alves recebeu passe de Paulinho e sofreu pênalti de Armero.

E mais:  Neymar faz golaço, perde pênalti e Brasil empata com a Colômbia no jogo 1000

Apesar do pênalti perdido, Neymar gostou de sua atuação e se mostrou otimista com o futuro da seleção. “A gente fica feliz pela participação no jogo de hoje. Foi uma partida muito difícil, mas o time se comportou bem. Como sempre falo, é só ir ajeitando os detalhes que a gente vai estar preparado nas próximas competições", explicou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.