Com Villa capitão pela primeira vez, Espanha goleia o Panamá por 5 a 1

Espanha não tem problemas e confirma favoritismo em amistoso na América Central

Gazeta |

Reuters
Jogadores da Espanha comemoram a vitória sobre o Panamá

Com uma goleada a favor da Espanh a já esperada em amistoso contra o Panamá nesta quarta-feira, a atenção estava voltada para o atacante David Villa. Atuando novamente como titular da seleção após 364 dias, o maior artilheiro da história do país não decepcionou e ajudou a confirmar o favoritismo com um gol na vitória por 5 a 1.

Veja notícias do futebol espanhol

Além do jogador do Barcelona, que atuava pela primeira vez como capitão da Espanha já que Casillas começou no banco, Pedro Rodríguez, duas vezes, Sergio Ramos e Susaeta marcaram no amistoso. Iniesta, com duas assistências, também teve partida de destaque. Gabriel Gomez, com direito a cavadinha, fez de pênalti o gol de honra.

Assim, a Espanha amplia sua invencibilidade em amistosos para oito jogos: o último revés foi sofrido diante da Inglaterra com o placar de 1 a 0 em novembro do ano passado. Além disso, o time venceu seus últimos sete jogos, marcando 24 gols e sofrendo apenas quatro.

O próximo jogo marcado na Espanha será contra a Finlândia pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo no dia 21 de março. Pela Copa Centroamericana, o Panamá volta a campo para enfrentar El Salvador no dia 21 de janeiro.

O jogo
Depois de um início de jogo lento, sem lances de destaque nos dez primeiros minutos, a Espanha acelerou o ritmo de jogo. Após Villa assustar pela primeira vez, Pedro abriu o placar aos 16 minutos com uma finalização cruzada após passe em profundidade de Iniesta.

O meia do Barcelona também foi o responsável por iniciar a jogada do segundo gol. Com uma bela jogada individual, o camisa 6 chegou à linha de fundo e rolou para o atacante marcar seu 53º tento pela seleção. Com Gabriel Torres, o Panamá finalizou pela primeira vez aos 32 minutos.

No entanto, o jogo era mesmo da Espanha. Aos 43, Pedro recebeu bom passe em profundidade de Juan Mata na área, driblou Penedo e marcou seu segundo gol. Depois do intervalo, porém, o goleiro panamenho se tornaria um grande obstáculo para os espanhóis.

O arqueiro fez boas defesas em finalizações de Soldado, Villa e Fabregas, além de ver Jesus Navas acertar a trave. No entanto, o goleiro nada pode fazer quando Sergio Ramos acertou seu ângulo esquerdo em cobrança de falta aos 36 minutos.

Susaeta, com Penedo fora do lance, apenas rolou para o gol um cruzamento de Navas três minutos após o quarto gol. Aos 42, o Panamá saiu do zero: Beñat derrubou Barahona dentro da área e Gabriel Gomez, com direito a cavadinha, converteu.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: espanhapanamáamistosofutebol mundial

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG