Sensação das eliminatórias, seleção vizinha vem embalada por ótima fase de atacante

Kaká e Neymar têm nova chance de jogarem juntos
Mowa Press
Kaká e Neymar têm nova chance de jogarem juntos

O jogo mil da história da seleção brasileira  marca a despedida do time de Mano Menezes de 2012. Contra a Colômbia, em Nova Jersey (EUA), às 22h30, a equipe testa contra um rival ranqueado entre os 10 melhores do mundo o bom futebol que apresentou contra times não tão badalados como China, Iraque e Japão. A seleção ainda enfrenta a Argentina dia 21, mas sem os jogadores que atuam na Europa.

Jogo mil? Veja as controvérsias nos números apresentados pela CBF

Do outro lado do campo nesta quarta-feira estará a terceira colocada das eliminatórias sul-americanas comandada por Falcao García, um dos atacantes mais temidos do futebol mundial nesta temporada.

Mano Menezes espera nesta partida manter a evolução do time até a Copa das Confederações de 2013 em junho. A Colômbia é oitava no Ranking da Fifa e o Brasil, 13º. "Será um grande teste. A Colômbia atravessa um grande momento e com certeza vai querer ganhar do Brasil. Vamos ter condições de fazer importantes observações e ver como nossos setores se comportam diante de um rival que vai nos criar muitas dificuldades", analisou Mano.

Leia também:  Mano convoca Fred e Diego Cavalieri para Superclássico na Argentina

Os jogadores demonstram muita preocupação com Falcao García, que vem brilhando no Atlético de Madri, atrás apenas de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo na artilharia do Campeonato Espanhol. Apesar da boa fase, 'El Tigre' terá de superar o badalado zagueiro Thiago Silva e um tabu contra o goleiro Diego Alves, que além de não ter sido vazado nos seis jogos como titular com a camisa amarelinha, não levou gols do atacante em partidas oficiais na Espanha.

Veja fotos do último amistoso do Brasil. A seleção fez 4 a 0 no Japão

"É um jogador que a gente já tem algumas ideias de como tentar marcar. É claro que cada jogo é diferente e, por ele estar passando por uma fase excelente, fazendo gol de todos os jeitos, todo cuidado é pouco. Temos que saber tamtém que o time não é só ele. Têm muitos jogadores de qualidade que fazem a diferença para ele fazer os gols", alertou e capitão Thiago Silva.

Kaká será mais uma vez a voz da experiência no meio campo brasileiro. E ele espera continuar o bom entrosamento que demonstrou nas partidas contra Iraque e Japão. "Foram grandes resultados, mas ainda estamos muito longe do ideal e trabalhando para melhorar a cada jogo. Os objetivos estão lá na frente e o Mano vem conseguindo trabalhar isso muito bem com o grupo. Espero poder ajudar para continuar sendo lembrado", disse Kaká.

Sem contar com Marcelo, com fratura no pé direito, e Alex Sandro, com lesão na coxa direita, a lateral esquerda ficará com Fábio Santos, do Corinthians, que fará sua estreia pela seleção principal (desconsiderando os jogos do Superclássico com a Argentina quando apenas atletas que atuam no país são convocados). No ataque sem o machucado Hulk, Leandro Damião deve ser titular.

Na Colômbia, o técnico argentino José Pekerman está satisfeito com a grande campanha que sua equipe vem fazendo nas Eliminatórias, mas acredita que o Brasil seja um bom termômetro para saber a realidade de sua seleção.

"Enfrentar a seleção brasileira é sempre um teste a ser considerado para nos dar a medida exata do que precisamos melhorar. Queremos estar no próximo Mundial e fazer bonito. Para isso, é importante jogar de igual para igual com os grandes times do mundo" ressaltou o treinador, que aposta suas fichas em Falcao e no meia James Rodríguez, camisa 10 do Porto.

FICHA TÉCNICA -  BRASIL X COLÔMBIA

Local: MetLife Stadium, em Nova Jersey (Estados Unidos)
Data: 14 de novembro de 2012 (quarta-feira)
Horário: 22h30 (de Brasília)
Árbitro: não divulgado pela organização

BRASIL: Diego Alves, Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Fábio Santos; Paulinho, Ramires, Oscar e Kaká; Lucas (Thiago Neves) e Neymar
Técnico: Mano Menezes

COLÔMBIA: David Ospina, Carlos Valdés, Cristián Zapata, Mario Yepes e Pablo Armero; Juan Valencia, Fredy Guarín, Aldo Ramírez e Macnelly Torres; James Rodríguez e Falcao García
Técnico: José Pekerman

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.