Para incomodar ‘constelação’, Gallo supõe marcação especial em Ganso

Na visão do treinador do Náutico, o São Paulo é uma ‘constelação’ e Ganso é apenas mais uma ‘estrela’

Gazeta |

Com chances remotas de ser rebaixado e de olho em atingir uma boa posição para garantir vaga na Copa Sul-americana de 2013, o Náutico visita o São Paulo neste domingo, no Morumbi, em partida marcante pela estreia do meio-campista Paulo Henrique Ganso pelo clube paulista. Mesmo com o ex-santista provavelmente na reserva, o técnico Alexandre Gallo já fala em marcação individual.

Reprodução
Alexandre Gallo, técnico do Náutico

Na visão do treinador do time pernambucano, o São Paulo é uma ‘constelação’ e Ganso é apenas mais uma ‘estrela’: "Ele deve começar no banco, mas, se entrar, poderá dar muito trabalho. É um jogador que deixa o outro na frente do gol e preocupa, tem uma perna esquerda cerebral e vamos tentar anulá-lo. Ou por marcação individual ou por zona. Poderá, sim, haver marcação individual".

Com a marcação em Ganso, o objetivo de Alexandre Gallo é incomodar o São Paulo fora de casa, já que trata-se de um adversário com 59 pontos somados e que briga, em casa, por uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores. Contando com o retorno do volante Martinez, recuperado de lesão, o Timbu tentará encerrar o tabu histórico de nunca ter vencido o Tricolor paulista no Morumbi.

"Temos que ser fortes nos contra-ataques, porque somos um time compacto, mas não vamos sair da nossa tônica. Depois do Fluminense, o São Paulo é a melhor equipe do Campeonato Brasileiro, até mais que Grêmio e Atlético-MG. Vamos lutar para incomodar lá dentro", contou Alexandre Gallo, que manterá Josa entre os titulares na vaga de Elicarlos.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: NáuticoAlexandre GalloBrasileirão 2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG