Após o Flamengo acabar com o risco de rebaixamento, o jogador espera que o time mantenha o bom momento para terminar a competição com dignidade

Renato Abreu celebra gol do Flamengo
Futura Press
Renato Abreu celebra gol do Flamengo

O Flamengo se livrou matematicamente do risco de rebaixamento no fim de semana com a vitória por 1 a 0 sobre o Náutico. Assim, os rubro-negros vão entrar em campo nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro sem muito objetivo a ser seguido. Mesmo assim, o meia Renato Abreu rechaçou qualquer tipo de relaxamento nessas partidas - o próximo jogo do Flamengo pode selar o rebaixamento do Palmeiras, domingo, em Volta Redonda. 

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Eu não jogo para cumprir tabela. Sinceramente, eu não gosto disso. Eu vejo futebol com outros olhos e procuro trabalhar 100% naquilo que eu faço. Claro que hoje não temos mais risco de cair, e eu também não pensava nisso, até porque o time tem qualidade. Eu penso que temos mais três jogos e nove pontos para somar. E o time tem qualidade para fazer isso. Acho que temos que continuar do mesmo jeito, seguindo o objetivo que nós traçamos", disse.

Renato Abreu ressaltou que o Flamengo passou por problemas neste Brasileiro. No entanto, os rubro-negros estão na nona colocação e o jogador espera que a equipe mantenha o bom momento para terminar a competição com dignidade.

Leia mais:  Sem aspirações no Brasileirão, Flamengo respira clima de eleições

"Sofremos muito no início do campeonato e não é a hora de relaxar, mas sim de confirmar aquilo que a gente vinha falando no começo, que é um time que tem qualidade. Porém, o momento não foi de felicidade. Agora estamos tendo uma sequência de resultados positivos e, então, não temos porque não manter", declarou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.