Milan nega ameaças e agressões contra o brasileiro Alexandre Pato

Atacante perdeu um pênalti diante da Fiorentina, jogo que teve derrota do Milan e aumentou a crise no clube

Ansa | - Atualizada às

O Milan publicou nesta terça-feira  um comunicado em seu site negando que o atacante brasileiro Alexandre Pato tenha sido agredido por torcedores após a derrota para a Fiorentina, no último domingo, em Milão, pelo Campeonato Italiano.

Getty Images
Alexandre Pato perdeu um pênalti diante da Fiorentina e virou alvo da torcida do Milan


"O Milan desmente categoricamente as notícias de tentativa de agressão e ameaças contra Pato, que teriam acontecido após o jogo entre Milan e Fiorentina", informa o comunicado oficial do clube.

Leia mais:  Lazio vira sobre a Roma no clássico, e Milan tropeça mais uma vez

Sites e jornais italianos informaram que o atacante brasileiro teria tido o carro cercado por torcedores do Milan após errar um pênalti na partida que aconteceu em San Siro. A equipe de Milão não vive bom momento no Campeonato Italiano e na Liga dos Campeões, e os torcedores apontam Pato como um dos responsáveis pela má fase do time.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: milanitáliafutebol mundialalexandre patofiorentina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG