Osvaldo, que sofreu o pênalti que resultou no primeiro gol, disse que time paulista perdeu a partida após ter o "resultado na mão"

Os jogadores do São Paulo não assimilaram a derrota sofrida para o Grêmio, por 2 a 1, neste domingo. Após o time abrir a contagem no primeiro tempo, os comandados de Ney Franco não conseguiram suportar a pressão depositada pelos donos da casa e deixaram o estádio Olímpico com poucas chances de alcançar a vice-liderança do Campeonato Brasileiro - apenas os dois primeiros garantem vaga na Libertadores.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Douglas, do São Paulo, tenta levar vantagem sobre Léo Gago, do Grêmio, no Estádio Olímpico
Gazeta Press
Douglas, do São Paulo, tenta levar vantagem sobre Léo Gago, do Grêmio, no Estádio Olímpico

A meta fora traçada pelo comandante tricolor após o time arrancar no Brasileiro e tomar o posto que era ocupado pelo Vasco no G-4. Quarto colocado, com 59 pontos, o São Paulo precisará de uma combinação de resultados para tirar os sete pontos de vantagem para o próprio Grêmio, que ultrapassou o Atlético-MG e se garantiu na segunda posição depois do complemento desta 35ª rodada.

Leia mais: De virada, Grêmio vence o São Paulo, assume 2º lugar e garante Libertadores

Com o objetivo cada vez mais inalcançável, os jogadores são-paulinos se limitaram apenas a lamentar o resultado obtido em Porto Alegre e classificaram a impotência paulistana no segundo tempo como o principal obstáculo neste confronto. "Estávamos na frente, tínhamos o resultado na mão e demos o empate para o Grêmio. Não conseguimos sair para reverter e tomamos o segundo gol. Foi isso que aconteceu", resumiu Osvaldo.

Veja ainda: Fred brilha e confirma título do Flu em meio ao desespero do Palmeiras

Agora, o São Paulo deverá adotar a Copa Sul-americana como a sua nova prioridade e buscar a pontuação mínima nestas últimas três rodadas do Brasileiro para impedir o Botafogo de alcançar a zona de classificação para a Libertadores. O próximo jogo do time paulista será realizado contra o Náutico no domingo, no Morumbi.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.