Palmeirenses têm sono tranquilo, mas ouvem provocações de corintianos

Único incômodo da madrugada e da manhã deste domingo em Presidente Prudente foram gritos de "Vai, Corinthians!"

Gazeta |

Divulgação
Torcida palmeirense não causou problemas para os atletas

A delegação do Palmeiras não teve problemas para descansar antes da partida contra o Fluminense, que será disputada neste domingo, às 17 horas (de Brasília). Sem cobrança de palmeirenses e também livre de qualquer foguetório, os únicos distúrbios durante a madrugada e a manhã em Presidente Prudente foram os gritos de torcedores rivais, principalmente do Corinthians.

Leia também:  Por sobrevida na Série A, Palmeiras tenta evitar título antecipado do Fluminense

De forma isolada, alguns alvinegros que conduziam seus veículos pela avenida em que o Palmeiras está hospedado aproveitavam para gritar "vai, Corinthians", em frente ao hotel.

Três palmeirenses que aguardavam próximo ao hall de entrada rebateram a provocação. "Onde você roubou esse carro?", berrou um dos palmeirenses, depois de alguns xingamentos.

O Palmeiras tem condições de evitar o rebaixamento? Comente

O clima de tranquilidade permitiu até que integrantes da comissão técnica alviverde fizessem uma caminhada nas proximidades do hotel. Os auxiliares Narciso e Jair Leite andaram logo cedo pelas ruas de Presidente Prudente.

O técnico Gilson Kleina também desceu ao saguão, conversou com alguns funcionários do clube e voltou para seu quarto. Depois da derrota da Portuguesa para o Botafogo, na noite de sábado, o Palmeiras não corre mais risco de ser rebaixado matematicamente neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: palmeirascorinthiansbrasileirão 2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG