Artilheiro, Fred conquista primeiro Brasileiro pelo Flu como protagonista

Com poucas atuações, foi coadjuvante na conquista de 2010. Desta vez, foi a grande estrela e contou com boa ajuda de Wellington Nem no ataque

iG São Paulo | - Atualizada às

Photocamera
Fred é carregado após a conquista do título brasileiro diante do Palmeiras, em Presidente Prudente


Insatisfeito no Lyon, o atacante Fred chegou ao Fluminense em 2009. Naquele ano, ficou cerca de três meses afastado dos gramados por causa de uma lesão na virilha. No entanto, voltou a tempo de comandar a série de seis vitórias consecutivas na reta final da competição que livrou o time do rebaixamento, tendo balançado a rede em todas estas partidas. Três anos depois, seus gols voltam a ser decisivos para o clube das Laranjeiras. Agora, com a conquista o Campeonato Brasileiro pela segunda vez em três anos.

Você acha que Fred foi o maior responsável pela conquista do Brasileirão? Comente

Em 2010, foi apenas coadjuvante de uma conquista que teve Conca como personagem principal, já que atuou em apenas 14 das 38 rodadas e marcou somente cinco gols. Desta vez, a história é diferente. Líder da tabela de artilheiros do Brasileirão com 19 gols, é ele a grande estrela.

Com o título assegurado, Fred lutará nas rodadas finais para se tornar o primeiro jogador do Fluminense a terminar o Brasileirão como artilheiro isolado. O clube já teve o goleador máximo da competição em 2008, quando o ex-atacante Washington marcou 21 gols. A marca, no entanto, foi atingida também por outros dois jogadores: Kléber Pereira (Santos) e Keirrison (Coritiba).

Apesar da boa fase, seu nome não tem aparecido nas convocações para a seleção brasileira desde a Copa América de 2011. A ausência no time de Mano Menezes o fez admitir durante o ano chateação com o técnico, mas ele afirmou que seguirá trabalhando para voltar a ser lembrado. “Ele falou que foi uma opção tática e técnica dele. Sendo assim, temos que respeitar. Procurar continuar bem para voltar. O que não pode é ter mágoa, ressentimento. Não tendo isso, eu respeito”, declarou Fred em setembro, durante a gravação do programa Altas Horas, na TV Globo .

A busca do atacante por um lugar na seleção para a disputa da Copa das Confederações, em 2013, e da Copa do Mundo, no ano seguinte, pode ser muito benéfica para o Fluminense. Fred só vai convencer Mano Menezes a convocá-lo se continuar atuando em alto nível e marcando gols decisivos pelo clube – o que será muito útil na defesa do título nacional no próximo ano e também na disputa da Libertadores.


Parceiro de ataque

Fred foi a grande estrela, mas não o único responsável pelo bom desempenho do ataque do Fluminense no Brasileirão . Ao seu lado, estava um jovem jogador que passou de promessa a realidade durante a temporada: Wellington Nem, de 20 anos.

Revelado nas categorias de base do próprio Fluminense, foi eleito a revelação do último campeonato pela CBF atuando pelo Figueirense. Voltou ao clube carioca no início do ano para compor elenco, mas foi conquistando vaga entre os titulares aos poucos e virou peça importante no esquema de Abel Braga. As boas atuações o fizeram conquistar algo que nem mesmo Fred conseguiu: a convocação para defender a seleção brasileira no Superclássico das Américas.

Veja os gols do jogo que deu o título brasileiro ao Fluminense:


    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: FluminenseBrasileirão 2012Fred

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG