Após ser ovacionado, Zé Roberto chora e diz que viveu um sonho no Olímpico

Meia, que ouviu 45 mil torcedores pedirem pela renovação do contrato para 2013, lembrou que superou desconfiança por causa da idade

Gazeta |

A vitória gremista neste domingo tem um nome: Zé Roberto. O meia desfilou no gramado do estádio Olímpico e liderou a equipe na virada por 2 a 1 sobre o São Paulo. Exausto após o término da partida, o jogador se lançou ao chão com lágrimas nos olhos e ouviu mais de 45 mil torcedores gaúchos clamarem pela renovação de seu contrato.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Gazeta Press
Zé Roberto desabafou ao fim do jogo e disse que superou desconfiança

"Passa um filme na minha cabeça. Confiaram em mim aqui no Grêmio. Vim sob desconfiança por causa da minha idade e estávamos muito perto de uma conquista que foi proposta, desta vaga na Libertadores. Para mim, hoje, é como se eu vivesse um sonho", desabafou o jogador, que teve a sua contratação cercada de dúvidas pela imprensa e torcedores locais.

Leia mais: De virada, Grêmio vence o São Paulo, assume 2º lugar e garante Libertadores

O armador desembarcou em Porto Alegre neste ano e precisou de um cuidado especial para não se expor a lesões. Vindo do Al Gharafa, do Catar, Zé Roberto conseguiu cumprir com o que o técnico Vanderlei Luxemburgo esperava nesta temporada e espantou as chances de se aposentar no fim do ano. Para o meia, o carinho do torcedor é mais um fator estimulante para o prosseguimento de sua carreira.

Veja fotos da rodada deste domingo do Campeonato Brasileiro:


Veja ainda: Fred brilha e confirma título do Flu em meio ao desespero do Palmeiras

"Poder chegar a esta idade e tendo o prazer de jogar é maravilhoso. Conquistei muita coisa na minha carreira, o lado financeiro foi além do que eu esperava, poderia parar hoje satisfeito com tudo que fiz. Mas quero terminar este campeonato e mostrar que os que confiaram em mim fizeram certo. Não vim para o Grêmio por dinheiro, mas porque ainda no meu sangue corre o prazer de fazer aquilo que eu gosto", completou.

Veja ainda: Atlético-MG empata com o Vasco, cai para a 3ª posição e diz adeus ao título

Além do experiente armador, a diretoria gremista também terá que estudar a questão envolvendo o técnico Vanderlei Luxemburgo. Assim que Marcelo Moreno fez o segundo gol do time gaúcho, aos 39 do segundo tempo, a torcida soltou a voz nas arquibancadas e pediu a permanência do treinador. Lisonjeado com a manifestação de apoio, o comandante sorriu e acenou efusivamente para saudar os adeptos que prestigiaram o duelo deste domingo.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: GrêmioZé RobertoBrasileirão 2012futebol

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG