Volante precisou ir ao consulado norte-americano para solicitar o seu visto de entrada nos Estados Unidos e voltou às pressas para os trabalhos no clube

Paulinho recorreu a um meio de transporte pouco usual para ir ao CT do Corinthians na tarde desta quarta-feira. Ou melhor, nem tanto entre os seus companheiros de clube. Assim como havia feito o atacante Emerson em janeiro, o jogador embarcou em um helicóptero para minimizar o atraso ao trabalho.

E MAIS: Tite usa tom contido para responder a exigência do argentino Martínez

Convocado para defender a seleção brasileira contra a Colômbia, em 14 de novembro, em Nova Jersey, Paulinho precisou ir ao consulado norte-americano para solicitar o seu visto de entrada nos Estados Unidos. O jogador avisou o Corinthians sobre o compromisso que poderia fazê-lo perder o início de treinamento.

VEJA: Preparação para Mundial não atrapalha Corinthians em 2013, garante diretor

Acompanhado pelo também meio-campista Edenílson, que até publicou uma foto dos dois no helicóptero em uma rede social (com a legenda "vale tudo para não se atrasar"), Paulinho embarcou no CT do Audax, na Zona Sul, com destino ao CT Joaquim Grava, na divisa de São Paulo com Guarulhos.

No começo do ano, Emerson chamou a atenção de seus amigos de Corinthians ao também chegar de helicóptero para treinar - ele veio do Rio de Janeiro na ocasião. Até o indisciplinado Adriano havia se divertido com a atitude, chamando o Sheik de "louco" em conversa com Paulinho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.