Bayern de Munique faz primeiro tempo perfeito e massacra Lille na Alemanha

Jogando em casa, o vice-campeão da última Liga dos Campeões fez 6 a 1 no time francês

Gazeta |

Nesta quarta-feira, o Bayern recebeu o Lille na Allianz Arena em busca da manutenção de um tabu e da liderança do grupo. A primeira parte foi cumprida. E de forma magistral. Com um primeiro tempo perfeito e contando com uma noite inspirada de Pizarro, os alemães golearam por 6 a 1 e continuam sem derrotas em casa desde 2010 em competições europeias.

Quem conquista a Champions desta temporada? Comente e deixe seu recado

Como o Valencia também goleou em seu jogo, o Bayern não conseguiu a liderança do grupo F, que continua com os espanhóis. Os bávaros dividem a liderança com o time de Jonas, mas perdem no saldo de gols.

O Valencia recebeu o BATE Borisov e conquistou outra vitória sobre o time de Belarus. Jonas, Soldado e Feghouli (duas vezes) anotaram os gols do triunfo por 4 a 2 dos espanhóis.

Veja imagens desta quarta-feira pela Champions :

O jogo
O Bayern começou a partida com tudo, impondo seu melhor futebol. Logo aos três minutos, Muller foi lançado livre, na frente do goleiro e perdeu boa chance, batendo em cima de Landreau. Dois minutos depois, de falta, os alemães abriram o placar com Schweinsteiger, batendo falta com extrema categoria.

Muller perdeu mais uma chance aos seis minutos, quando dominou dentro da área e isolou após cobrança de escanteio de Robben. Aos 17, o show de Pizarro começou. O atacante peruano tabelou com Ribéry e bateu forte para marcar o segundo dos donos da casa.

Getty Images
Pizarro fez três gols na partida

Cinco minutos depois, em um momento em que o Bayern pressionava bastante, o Lille cometeu mais uma falta na entrada da área. Desta vez, foi Robben quem bateu. Ele contou com o desvio da zaga para enganar o goleiro e aumentar a vantagem do Bayern.

Vantagem que cresceria ainda mais aos 27 minutos, quando Pizarro recebeu cruzamento precioso de Lahm e completou para o gol, antecipando-se à zaga francesa. Seis minutos depois, o Bayern usou a mesma fórmula: Lahm cruzou da esquerda e Pizarro completou, desta vez de cabeça, marcando seu terceiro gol na partida, o quinto dos alemães.

O placar final do primeiro tempo poderia ser ainda mais elástico se Robben e Alaba não desperdiçassem duas chances claríssimas puxadas em contra-ataques muito bem construídos pelo Bayern.

O ritmo alucinante da primeira etapa se foi com o início do segundo tempo e, apesar de o panorama do jogo continuar parecido, com o Bayern dominando as ações, nenhum dos times ameaçava com real perigo. Aos 13 minutos, contudo, o Bayern foi surpreendido. Kalou avançou com liberdade pelo meio e arriscou de longe. A bola bateu na forquilha e pingou dentro do gol, antes de sair de novo.

Mas, oito minutos depois, o Bayern daria seu golpe de misericórdia, utilizando-se da fórmula consagrada do primeiro tempo. Lahm recebeu na esquerda e avançou. Desta vez, quem estava livre era Kroos, que havia acabado de entrar. Ele bateu de primeira e fez o sexto dos alemães, dando números finais à partida.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: AlemanhaFrançaFutebol MundialBayern de MuniqueValenciaLille

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG