Em meio a indefinição no futebol, Adriano tem encontro marcado com a Justiça

Atacante foi intimado a aparecer no 9º Juizado Especial Criminal em razão do processo que responde pelo tiro dado na mão de Adriene Cyrillo Pinto em 2011

iG São Paulo * |

Sem saber como será seu futuro no futebol, o atacante Adriano vai precisar se apresentar ao 9º Juizado Especial Criminal nesta terça-feira. O jogador do Flamengo foi intimado em razão do processo ao qual responde junto com seu segurança, o ex-policial Júlio César de Oliveira, no caso do tiro na mão esquerda de Adriene Cyrilo Pinto. O episódio aconteceu na véspera do Natal de 2011, dentro do carro do atacante.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A intenção da audiência, requerida pelo Ministério Público, é tentar um acordo entre as partes. Adriano pode ter que pagar uma indenização para Adriene, que declarou, em depoimento prestado em setembro, que o jogador estava no banco traseiro do veículo manuseando a arma.

Leia também: Em nova nota, Adriano anuncia que pretende ficar no Flamengo em 2013

Adriano afirmou que estava no banco da frente, informação confirmada por Júlio César. A dúvida do Ministério Público diz respeito a quem provocou o tiro.

O encontro com a Justiça de Adriano acontece no mesmo dia em que deverá acontecer a definição do seu futuro profissional. Apesar de ter emitido nota nesta segunda afirmando que só volta aos campos em 2013 e que pretende ficar no Flamengo, o atacante corre o risco de ser dispensado. Isso porque ele falrou em treino na última semana alegando "motivos pessoais", mas foi flagrado em uma casa de shows em seguida. A decisão do clube deverá ser anunciada nesta terça.

*Com informações do Marca

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: AdrianoFlamengo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG