Agora, dois anos depois, o clube carioca pode conquistar o Campeonato Brasileiro e selar o rebaixamento do time paulista

A torcida do Palmeiras levou faixas e cartazes exigindo a derrota do time
Futura Press
A torcida do Palmeiras levou faixas e cartazes exigindo a derrota do time

Na última vez que o Fluminense conquistou o Campeonato Brasileiro, os palmeirenses vibraram muito. Em 2010, na penúltima rodada da competição, a torcida alviverde exigiu a derrota do próprio time para prejudicar o Corinthians, que disputava o título com o Fluminense.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Ex-assessor da presidência do Palmeiras, Antônio Carlos Corcione chegou a convidar a torcida do Fluminense para comemorar a conquista na partida contra o clube do Palestra Itália. “Aproveito para convocar os torcedores do Fluminense a passar momentos agradáveis. Eles podem comer macarrão em nossas cantinas e presenciar o jogo do título”, disse.

Leia mais:  Com 97% de chance de ser rebaixado, Palmeiras pode cair na próxima rodada

Quando Dinei abriu o placar para o Palmeiras, a maior parte da torcida presente na Arena Barueri passou a ofender o atacante. De quebra, o goleiro Deola foi alvo de copos de água por evitar um gol do Fluminense. Depois, quando o clube carioca conseguiu a virada e manteve a ponta da competição, a festa alviverde foi total.

Torcedores do Palmeiras ficaram juntos com os torcedores do Fluminense
Futura Press
Torcedores do Palmeiras ficaram juntos com os torcedores do Fluminense

Agora, dois anos depois, o Fluminense pode levantar a taça justamente contra o clube do Palestra Itália. No entanto, desta vez, o resultado negativo não vai ter o mesmo gosto para o torcedor palmeirense.

Veja também:  Palmeiras torce por anulação de jogo contra o Inter para "ficar de pé"

Uma derrota na partida que será disputada no próximo domingo, em Presidente Prudente, pode até definir o rebaixamento do time de Gilson Kleina. Para isso acontecer, o Bahia precisa derrotar o Cruzeiro, em Belo Horizonte, e a Portuguesa precisa vencer o Botafogo, no Rio de Janeiro.

Confira ainda:  Marcos Assunção pede para torcida apoiar sem violência

Se não bastasse o clamor pela entregada, Wlademir Pescarmona, então diretor de futebol do Palmeiras, também chutou o balde dias antes da partida. “Por mim, o time nem entrava em campo, a gente dava WO”, comentou.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.