STJD absolve Fred, Atlético-MG e árbitro de Fluminense x Atlético-MG

O atacante do clube carioca corria o risco de ser punidos por três partidas por conta de uma confusão com o lateral Junior Cesar

iG São Paulo * |

O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) absolveu o atacante Fred, o Atlético-MG e o árbitro Jailson Macedo Freitas por conta das polêmicas ocorridas na vitória de 3 a 2 do Atlético-MG contra o Fluminense, dia 21 de outubro, em Belo Horizonte.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O atacante do clube carioca corria o risco de ser punidos por três partidas por conta de uma confusão com o lateral Junior Cesar, mas acabou sendo absolvido por unanimidade e está livre para disputar a reta final do Brasileiro. Em sua defesa, o jogador alegou que não teve a intenção de agredir o jogador do time mineiro.

"Eu não tive a intenção de dar tapa e sim de escorar. Acabou gerando aquela discussão e ele (Júnior Cesar) caiu. Logo após ele disse que não teve nada. Eu fui mais para escorar. Ele estava vindo para tirar a bola, vi ele em pé. Quando ele veio, coloquei a mão para escorar, mas não vi onde pegou a mão", disse Fred, em seu depoimento.

Leia mais:  Realistas, jogadores do Atlético-MG dizem que título é quase impossível

Já o Atlético-MG corria risco de levar uma multa por conta dos protestos de sua torcida contra a CBF e o próprio tribunal de justiça. A equipe mineira foi absolvida por maioria de votos e escapou da punição. O árbitro da partida, Jailson Macedo Freitas, foi julgado por não ter punido Fred pelo lance com Junior Cesar e também acabou absolvido por unimidade.

* com Marca

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: FredFluminenseAtlético-MG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG