Goleiro argumenta que derrota foi apenas mais um capitulo da história recente do clube, que não tem conseguido mais brigar pelos títulos

Fábio, goleiro do Cruzeiro
Vipcomm
Fábio, goleiro do Cruzeiro

Os jogadores do Cruzeiro voltam aos trabalhos nesta segunda-feira, mas a goleada por 4 a 0 sofrida para o Santos no sábado ainda é motivo de discussão entre os atletas. O goleiro Fábio afirma que não gostaria de ter vivido uma situação como a que ocorreu no Independência, quando o torcedor cruzeirense aplaudiu o craque Neymar, protagonista na vitória santista.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“É uma situação que ninguém queria, mas o Santos foi muito superior e o resultado condiz com essa superioridade. Nós temos que reconhecer os méritos de todos os jogadores do Santos, principalmente do Neymar, sem dúvida o maior jogador que temos no Brasil e que está disputando, com méritos, para ser o melhor do mundo”, disse.

Leia também: Após goleada, Mateus se desculpa com cruzeirenses por falha

Fábio lamenta a campanha ruim do Cruzeiro, que não tem chances de chegar ao G4 e ainda corre risco pequeno de rebaixamento. O jogador argumenta que o revés diante do Santos foi apenas mais um capitulo da história recente do Cruzeiro, que não tem conseguido mais brigar pelos títulos.

“Aconteceram várias coisas erradas na temporada passada e também nesta. Tudo isto reflete dentro de campo. Nós não conseguimos neutralizar o principal jogador deles, e isto influencia muito. A qualidade do Neymar sobressai e contagia os jogadores deles. Eles tiveram méritos, mas nós poderíamos ter marcado de uma forma diferente, mas, infelizmente, não conseguimos”, afirmou.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.