Muricy elogia e vê aplausos como “ajuda” para permanência de Neymar

Atacante foi aplaudido pela torcida do Cruzeiro durante a goleada por 4 a 0 que o Santos aplicou sobre a equipe mineira

Gazeta |

Os aplausos e o reconhecimento da torcida do Cruzeiro a atuação do atacante Neymar, autor de três gols na goleada do Santos por 4 a 0 neste sábado, no Estádio Independência , deixaram o técnico Muricy Ramalho satisfeito. O treinador elogiou a postura da torcida mineira, mesmo com a derrota de sua equipe, e vê o reconhecimento ao futebol da Joia como um incentivo para o camisa 11 prolongar a estadia no futebol brasileiro.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Foi muito legal o que a torcida do Cruzeiro fez hoje (sábado). Eles deram um exemplo, deixaram a rivalidade entre os clubes de lado, o que é difícil aqui no Brasil. O Neymar é um ídolo nacional e, sem dúvidas, isso fortalece ainda mais o menino. Ele fica feliz e é algo que pode ajudar até mesmo para que o Neymar estenda o contrato dele, para ficar mais tempo no país”, analisou Muricy, sonhando com a possibilidade de o craque renovar o seu vínculo com os santistas.

Veja fotos da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro

E mais: "Deu vontade de chorar", diz Neymar sobre aplausos da torcida do Cruzeiro

O atual contrato de Neymar com o Santos é válido até a Copa do Mundo de 2014. Uma possível renovação do vínculo da Joia é um assunto que faz parte do pensamento dos dirigentes santistas, apesar de esta não ser uma hipótese admitida publicamente.

“O Santos fez um investimento enorme e quase não usa o jogador, que está o tempo todo na seleção brasileira. Com ele, a torcida do Santos cresceu 20% em três anos. Em todo o lugar que a gente vai é sempre essa loucura, ele é muito assediado. O que o Santos está fazendo é muito importante para o futebol brasileiro, em geral. Hoje, o Neymar é um dos poucos ídolos que temos no país”, ponderou o comandante.

Mesmo com Neymar tendo sido o destaque da partida, Muricy Ramalho não esqueceu de elogiar o rendimento do Santos durante o confronto. “Cobrei muito deles durante a semana e na preleção, antes do jogo. O time acertou uma boa partida porque respeitou o Cruzeiro e ocupou bem os espaços. Hoje (sábado) voltamos a jogar. Fazia tempo que a gente não jogava. Era um clássico importante e fico feliz pelo fato de os jogadores terem entendido isso”, concluiu.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: Muricy RamalhoSantosBrasileirão 2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG