Em São Januário, Sport afunda o Vasco na crise e sonha com fuga da degola

Time pernambucano vence no Rio de Janeiro por 3 a 0 e encosta no Bahia. Já equipe carioca perde pela sexta rodada seguida

iG São Paulo * | - Atualizada às


No duelo entre duas equipes que buscavam a vitória por motivos diferentes, melhor para o que briga contra o rebaixamento. Mesmo atuando em São Januário, o Sport não tomou conhecimento do  Vasco  neste domingo e venceu por 3 a 0. Com o resultado, os pernambucanos chegam a 37 pontos e renovaram as esperanças de deixar a zona de rebaixamento do Brasileirão . Já os cariocas chegam à sexta derrota consecutiva e parecem sem forças para brigar na reta final por uma vaga na Libertadores.

O Sport vai conseguir evitar o rebaixamento? Deixe seu comentário

André Mourão/Agência O Dia
Vasco x Sport

O primeiro tempo da partida foi disputado em ritmo acelerado em boa parte do tempo. O Sport era mais organizado e criava as melhores chances. Os visitantes abriram o placar com Felipe Azevedo. Na etapa final os pernambucanos ampliaram com Hugo e Henrique. Apático, o Vasco sofreu com a má atuação de quase todos os jogadores e viu a torcida protestar, principalmente contra o presidente Roberto Dinamite.

Na próxima rodada, o Sport terá um duelo com outro time da zona de rebaixamento. Os pernambucanos vão até Florianópolis para encarar o Figueirense, no próximo domingo. Já o Vasco vai receber no mesmo dia o Atlético-MG, que briga pelo título do Campeonato Brasileiro.

Veja fotos dos jogos deste domingo pelo Campeonato Brasileiro

O jogo
Com as duas equipes tendo a necessidade da vitória, o confronto iniciou em ritmo acelerado. Enquanto o Vasco rondava a área sem perigo, o Sport foi quem criou a primeira boa oportunidade de abrir o placar, aos 11 minutos. Após erro da defesa ao tentar rebater uma bola, Hugo finalizou, mas Douglas apareceu para salvar os donos da casa. A resposta carioca veio somente oito minutos depois, quando Alecsandro aproveitou cruzamento e cabeceou perto da trave esquerda de Saulo.

Aos poucos, a velocidade da partida diminuiu e o que se viu uma sucessão de erros pelas duas equipes. Os mandantes abusavam dos equívoco nos passes, enquanto que os pernambucanos não encaixavam os contra-ataques. Mais organizado, o Sport voltou a chegar com perigo aos 28 minutos. Gilsinho acertou belo chute e obrigou Fernando Prass a espalmar. No rebote, Felipe Azevedo tocou para Cicinho, que chutou a direita da trave.

Somente depois do susto, o Vasco conseguiu criar uma chance de marcar, aos 31 minutos. Juninho Pernambucano recebeu passe pela direita e cruzou rasteiro para a área. Alecsandro apareceu livre, mas não finalizou para a rede e viu a bola passar a sua frente. O lance animou os donos da casa, que partiram para cima dos visitantes. No entanto, em um contra-ataque rápido, o Sport abriu o placar em São Januário. Felipe Azevedo foi lançado, ficou de frente para Fernando Prass, passou pelo goleiro e tocou para a rede.

Após o revés, o Vasco teve sua melhor chance na primeira etapa, aos 41 minutos. Éder Luís cruzou pela direita e achou Tenório na área. O atacante cabeceou com força, mas viu Saulo fazer grande defesa e salvar o Sport. Assim, os visitantes conseguiram ir para o intervalo com a vantagem no placar.

No segundo tempo, o Vasco tentou impor uma pressão nos primeiros minutos, mas sem levar perigo, viu o Sport ampliar o marcador aos sete minutos. Em mais um contra-ataque, Felipe Azevedo tocou para Gilberto, que rolou para trás, de calcanhar para Hugo chegar sozinho e finalizar com categoria no canto de Fernando Prass.

O novo revés foi sentido pelos cariocas, que mesmo buscando o ataque, seguiam errando muito. Com isso, o Sport aproveitava para chegar com perigo. Aos 15 minutos, Hugo recebeu na entrada da área, mas chutou fraco. Assim, Fernando Prass não teve dificuldade em fazer a defesa. Desanimado, o Vasco só teve uma boa chance aos 29, quando Wendel chutou cruzado para boa defesa de Saulo.

Com o passar o tempo e sem conseguir um gol para se animar no fim da partida, o Vasco diminuiu o ritmo. O Sport seguia mais organizado e presente no ataque. Com isso, os visitantes foram premiados com o terceiro gol aos 41 minutos. Após cruzamento rasteiro pela esquerda, Henrique apareceu para finalizar para a rede de Fernando Prass e dar números finais ao jogo em São Januário.

FICHA TÉCNICA -  VASCO 0 X 3 SPORT
Local: Estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 4 de novembro de 2012, domingo
Hora: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (RS) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)
Cartões amarelos: Nilton, Douglas, Fellipe Bastos e Felipe (Vasco)

GOLS:
SPORT: Felipe Azevedo, aos 39 minutos do primeiro tempo, Hugo, aos 7 minutos do segundo tempo, e Henrique, aos 41 minutos do segundo tempo

VASCO: Fernando Prass; Auremir (Fellipe Bastos), Renato Silva, Douglas e William Matheus (Felipe); Nilton, Wendel e Juninho; Eder Luis (Pipico), Tenorio e Alecsandro
Técnico: Marcelo Oliveira

SPORT: Saulo; Cicinho (Renato), Ailson, Diego Ivo e Reinaldo; Tobi, Rithely e Hugo; Gilsinho, Felipe Azevedo (Felipe) e Gilberto (Moacir)
Técnico: Sérgio Guedes

*Com Gazeta

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: VascoSportBrasileirão 2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG