Cruzeiro reconhece falhas “vergonhosas” e superioridade do Santos

Leandro Guerreiro, um dos únicos que fez uma partida razoável, vê a derrota para o Santos como humilhante e indigna para um clube como o Cruzeiro

Gazeta | - Atualizada às

Goleado dentro de casa pelo Santos, o Cruzeiro teve uma noite para esquecer, neste sábado, no Independência. Para os jogadores e o treinador Celso Roth, os repetidos desacertos prejudicaram a equipe mais uma vez na derrota de 4 a 0 .

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Nós erramos de novo, só que hoje foi vergonhoso. Os erros que tivemos hoje foram lamentáveis e causaram esse resultado, que preocupa. E errou, paga, principalmente contra uma time rápido com o Santos”, disse o desanimado Celso Roth, agradecendo que o massacre parou no 4 a 0.


Leandro Guerreiro, um dos únicos que fez uma partida razoável, vê a derrota para o Santos como humilhante e indigna para um clube como o Cruzeiro. “É inadmissível tomar quatro gols em casa. Estamos envergonhados e tristes. O que falta nesses últimos jogos é honrar essa camiseta”, comentou o volante.

Leia mais:  Neymar dá show, marca três e Santos goleia Cruzeiro no Independência

A saída de campo foi sob fortes vaias da torcida cruzeirense, indignada com o resultado. Para Roth, a tristeza dos jogadores era esperada depois da goleada. “No mínimo tem que sair assim. Foi uma vergonha”, esbravejou o treinador. “A saída dos jogadores, cabisbaixos, é absolutamente normal”.

Insatisfeito, o lateral direito Ceará reconheceu a fraca atuação do Cruzeiro. “Não fomos superiores. Não tem decepção. É uma coisa lógica: o Santos jogou melhor, não conseguimos nos impor. É difícil reconhecer isso, mas é verdade. Uma derrota justa”, sentenciou.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: CruzeiroBrasileirão 2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG