Atacante da Ponte Preta vê gol duvidoso do Grêmio: "É sempre assim"

Giancarlo alega que André Lima fez falta no goleiro da sua equipe no lance que decretou a vitória do time gaúcho

Gazeta | - Atualizada às

Depois de um bom primeiro tempo, em que pressionou o Grêmio , mesmo atuando no Olímpico, a Ponte Preta não conseguiu repetir a atuação na etapa final e acabou derrotada por 1 a 0 . Mesmo com um jogador a mais por 20 minutos, o time do técnico Guto Ferreira diminiu o ímpeto e já perto dos acréscimos sofreu o gol de cabeça de André Lima, em lance muito contestado pelos jogadores da Ponte.

Você acha que André Lima fez falta no lance do gol do Grêmio? Comente

Na cobrança de escanteio fechada, feita por Zé Roberto, o camisa 99 gremista se esticou para dividir com o goleiro Roberto e desviar de cabeça, abrindo o placar. O lance gerou a revolta do time visitante, que após o gol cercou o árbitro André Luiz de Freitas Castro, assim como ao término do jogo. Na saída do gramado no Olímpico, o atacante Giancarlo alegou que, mais uma vez, sua equipe foi prejudicada.

Veja fotos da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro

“O Grêmio soube jogar com um a menos e marcou em um lance duvidoso. É sempre assim, a comissão de arbitragem tem que ver esses lances, porque estamos sendo prejudicados e tem que ficar de olho nisso aí. O André nem visou a bola, foi só no corpo do Roberto, mas agora temos que pegar o Inter em casa e vencer”, decretou o camisa 77.

Esta não é a primeira vez neste Brasileiro que a Ponte Preta reclama da arbitragem. No dia 14 de outubro, contra o Fluminense, o presidente do clube, Márcio Della Volpe, atacou a atuação do juiz Nielson Nogueira, que teria errado nos dois gols do Tricolor, que decretaram a vitória sobre a Macaca, por 2 a 1.

Desta vez, a cobrança foi pela participação de toda a comissão técnica na jogada. “Nós fomos cobrar (depois do jogo), porque foi falta no Roberto. Tem um árbitro auxiliar atrás do gol e ele não avisou, nem viu a falta. Ele está ali perto e tinha que avisar o juiz. É lamentável, a gente que sai prejudicado”, completou o jogador.

Com 43 pontos ganhos, a Ponte Preta está na 11ª colocação do Brasileirão, com dez de vantagem para o Sport, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. A próxima partida da equipe do interior paulista acontece no domingo, dia 11, contra o outro time gaúcho: Internacional. A partida está marcada para ocorrer no Moisés Lucarelli, às 19h30 (de Brasília).

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: Ponte PretaBrasileirão 2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG