Luis Fabiano será titular. Paulo Miranda depende de treino apronto

Ambos foram baixas do São Paulo no meio de semana, diante da Universidad de Chile, e podem retornar no jogo contra o Fluminense

Gazeta |

Vipcomm
Luís Fabiano será titular do São Paulo

Embora não tenham ido a campo na tarde desta sexta-feira, Luis Fabiano e Paulo Miranda estão liberados para treinar normalmente na manhã de sábado, véspera da partida do São Paulo contra o Fluminense. O atacante está confirmado, mas a escalação do zagueiro ainda depende de como ele se apresentará nessa última atividade.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Ambos foram baixas no meio de semana, diante da Universidad de Chile. Luis Fabiano, por conta de dores musculares. Paulo Miranda, em função de entorse no joelho esquerdo.

"Mas os dois treinam amanhã (sábado). O Paulo evoluiu muito e, após esse treinamento, vou ver como ele está. Fiz a convocação de 20 atletas, e ele está convocado. Se treinar normalmente, também vai para o jogo", disse o técnico Ney Franco, na tarde desta sexta-feira.

Principal artilheiro do São Paulo na temporada, com 28 gols, Luis Fabiano retoma a posição ocupada momentaneamente por Willian José. O jovem atacante foi decisivo ao marcar os dois gols da vitória no duelo pela Copa Sul-americana, porém no Morumbi, onde é alvo de vaias datorcida, volta ao banco de reservas.

"O Luis é nosso goleador. A bola sempre o procura dentro da área. Quando cheguei, nosso meio-campo ficava um pouco exposto, mas agora ele tem ajudado na marcação, tem tido participação muito importante também nesse aspecto tático. Além de ser um finalizador, um homem que sabe fazer gols", elogiou o treinador são-paulino.

Já Paulo Miranda, zagueiro de origem, vem se dando bem improvisado na direita, tanto que tomou o lugar de Douglas. Porém, o lateral de ofício, que foi titular em Santiago, só segue na formação caso o beque acuse dores no joelho esquerdo novamente.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG