Aliviado com empate, Renato Abreu revela cobrança da família por gol

Com uma "bomba em cheio", meia do Flamengo fez o tento do empate em Minas Gerais

Gazeta |

Autor do gol que garantiu o empate por 1 a 1 com o Atlético-MG , na última quarta-feira, no Independência, o meia Renato Abreu se mostrou aliviado por ter encerrado o seu jejum de gols no Campeonato Brasileiro. Líder flamenguista na partida contra o segundo colocado da competição nacional, o atleta admitiu que esperava a vitória, mas comemorou o ponto conquistado diante da cobrança da torcida e até de seus familiares.

E MAIS: Zinho não esconde orgulho após empate contra o Atlético-MG: “Isso é Flamengo”

O gol de Renato Abreu saiu após uma cobrança de escanteio pelo lado direito, aos 27 do primeiro tempo. Depois de Ibson rolar a bola na lateral, o jogador bateu de primeira para acertar o canto de Victor. Contudo, o tento não serviu para que o Flamengo se mantivesse em posição confortável no duelo, uma vez que Sandro Meira Ricci expulsou Wellington Silva aos 42 da etapa inicial.

CONFIRA: Jogadores exaltam ponto e dedicação por “manto sagrado” do Flamengo

"Essa bomba foi em cheio. Felizmente ela entrou no gol. Eu estava muito ansioso e até a minha filha já estava me cobrando lá em casa. Claro que eu queria a vitória, mas não foi possível. Ficar com um jogador a menos diante do embalo do Atlético-MG, que ainda não perdeu em seu próprio estádio, é difícil. Fizemos tudo aquilo que foi possível e o resultado está de bom tamanho pelo empenho e entrega da equipe", avaliou o armador.

VEJA: Flamengo empata com o Atlético-MG e deixa o Fluminense perto do título

Com a vitória obtida diante do Atlético-MG, o Flamengo praticamente se livra do risco de ser rebaixado para a segunda divisão e ajuda o rival Fluminense a manter a diferença de oito pontos para o segundo colocado do Brasileiro. Neste momento, o Rubro-Negro aparece com 41 pontos, na 14ª colocação, e só não está livre da degola por ainda não ter atingido a meta estipulada pela comissão técnica e pelos matemáticos que analisam a tabela do Nacional.

A chance de espantar de vez o risco de rebaixamento virá no próximo sábado, quando o Flamengo viajará até Volta Redonda para enfrentar o Figueirense, no estádio Raulino de Oliveira. Para esta partida, o clube não poderá contar com o meia Ibson e o defensor Wellington Silva. O camisa 7 recebeu o terceiro cartão amarelo diante do Galo, enquanto o lateral direito tomou o vermelho de Sandro Meira Ricci.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: Renato AbreuFlamengoBrasileirão 2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG