Tite defende tecnologia no futebol para evitar erros de arbitragem

"A conversa do bar tem que ser sobre qual time é melhor, sobre o jogo, se o técnico mexeu mal..." disse o técnico corintiano

Gazeta |

Gazeta Press
Jogo do Palmeiras teve confusão por conta da anulação do gol de Barcos

A polêmica sobre a anulação do gol de Hernán Barcos na vitória por 2 a 1 do Internacional sobre o Palmeiras, no último sábado, chegou ao Corinthians. Em entrevista no Centro de Treinamento Joaquim Grava, nesta terça-feira, o treinador do time alvinegro, Tite, preferiu manter imparcialidade sobre o lance, mas mostrou ser defensor da utilização da tecnologia durante partidas de futebol.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Quanto mais informação existir, melhor para que aconteça justiça. A conversa do bar tem que ser sobre qual time é melhor, sobre o jogo, se o técnico mexeu mal, e não sobre se foi justo, quem foi prejudicado e se foi deliberado", explicou.

Leia mais: Vitória do Inter contra o Palmeiras é suspensa até julgamento no STJD

Para justificar sua opinião, o técnico gaúcho lembrou a não validação do gol do meio-campista inglês Frank Lampard, na Copa do Mundo de 2006, na Alemanha. No lance, o atleta arrematou de fora da área, a bola acertou o travessão e pingou dentro do gol, mas o árbitro uruguaio Jorge Larrionda não validou o gol, facilitando o caminho para a seleção anfitriã triunfar por 4 a 1 e assegurar vaga nas quartas de final do torneio.

"Vejo que temos que utilizar os recursos tecnológicos. Enquanto profissional, fico muito chateado quando acontece um gol como na Copa do Mundo de 2006, quando a bola entrou mais de meio metro no jogo entre Inglaterra e Alemanha.. Não vejo paradas como existem no tênis, pela dinâmica que a partida tem. Mas é preciso algum recurso técnico. Talvez a imagem em tempo real, para ver se a bola entrou ou não", encerrou.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: corinthianstitebastidorestecnologiabrasileirão 2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG