Zagueiro palmeirense foi expulso na derrota diante do Náutico e seu julgamento foi marcado para a próxima semana

O Palmeiras poderá acumular um importante desfalque nesta reta final do Campeonato Brasileiro. Além de lutar contra o rebaixamento, o clube terá que preparar a sua defesa para livrar o zagueiro Thiago Heleno de uma pena de até seis jogos de suspensão. O atleta foi denunciado pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) nesta segunda-feira e teve o seu julgamento marcado para a próxima semana.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Thiago Heleno acabou expulso diante do Náutico nos Aflitos
Gazeta Press
Thiago Heleno acabou expulso diante do Náutico nos Aflitos

O lance que colocou Thiago Heleno na berlinda ocorreu na derrota por 1 a 0 para o Náutico, no dia 14 de outubro, no estádio dos Aflitos. Na ocasião, o defensor deu um carrinho para impedir um contra-ataque do Timbu e recebeu o vermelho direto. O atleta já havia sido amarelado no confronto e precisou cumprir dois jogos de suspensão por ter acumulado três advertências.

Leia mais: Vídeo que mostra ajuda externa a juiz é nova arma do Palmeiras em 'caso Barcos'

Enquadrado no artigo 254 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), por praticar jogada violenta, Thiago Heleno se sentará no banco dos réus na próxima segunda-feira. Antes disso, porém, o jogador precisará intensificar o tratamento realizado para se livrar de uma lesão no quadril. O zagueiro não treinou durante toda esta semana e corre sérios riscos de ficar de fora do duelo de domingo, contra o Botafogo, em Araraquara.

A última partida do defensor pelo Palmeiras foi na derrota por 3 a 0 para o Millonarios, na última terça-feira. A partida foi disputada em Bogotá e determinou a eliminação do Alviverde da Copa Sul-americana. Caso não tenha condições de entrar em campo diante do Botafogo, a dupla de zaga com Maurício Ramos e Henrique deverá ser mantida pelo técnico Gilson Kleina.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.